Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

27/03/2013 - MS Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Inmetro identifica fraudes em medidores de energia em CG


Laudo do Inmetro identifica fraudes em medidores de energia. A capacidade vem pela tecnologia que apura resultados com precisão e a fé pública que Órgão possui para emitir laudos. É com base nessa competência do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia que as empresas de energia elétricas se baseiam para combater as fraudes em medidores e instalações elétricas. O furto de energia e um problema que, quando não é combatido, causa em risco de morte á quem vive num imóvel com esse tipo de ligação, pode gerar interrupções no abastecimento de uma comunidade e ainda causar prejuízo aos cliente honestos já que, uma parte dos custos da energia desviadas pelas fraudes, é rateada entre todos os consumidores.
Foi assim que a Enersul procedeu no caso da cliente Sebastiana Maria Ferreira, moradora da Capital. A Concessionária, mesmos depois de identificar, por monitoramento a distancia, queda da ordem 89,94% no consumo de energia, constatar por meio de inspeção local, na presença da cliente, medidor com lacres violados e sistema de registro de consumo bloqueado por ação externa, encaminhou o equipamento para o Inmetro fazer a pericia. Para esse procedimento a equipe também informa e registra, em formulário padrão do setor elétrico, que o consumidor tem pleno direito de acompanhar, presencialmente em data e hora, todos os passos do Instituto até a expedição do laudo final.
Só depois desse resultado, quando há certificação de fraude pelo Órgão, é que a Concessionária envia uma carta comunicando o cálculo da energia desviada e o respectivo valor. Apesar de recorrer administrativamente, inclusive na Agência Reguladora do Setor Elétrico, e ser certificada da fraude, a cliente buscou uma contestação na Justiça que acatou, parcialmente, o pedido de indenização por danos materiais e morais pela suspensão no fornecimento de luz e cobrança da dívida de R$ 942,47, relativa à energia consumida e não faturada, em conseqüência da fraude, confirmada pelo Inmetro. A Empresa vai recorrer para evitar prejuízo à sociedade. É com essa postura que a Enersul segue atuando no combate à fraude e o furto de energia. Em 2012 foram identificados 31.715 consumidores com irregularidade, 30% dos casos eram reincidentes, fato que leva o Setor de Combate às Perdas a manter inspeções periódicas. Este ano vão ser fiscalizadas mais 15O mil unidades consumidoras.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 125 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal