Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/04/2006 - GazetaWeb Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

O perigo do Orkut

Por: Wilson José de Oliveira


Cada vez mais vemos golpes sendo aplicados no mundo virtual, e existem quadrilhas especializadas em crimes pela internet, essas quadrilhas tem o intuito de terem ganhos fraudando sites de bancos, vendendo material pirata na internet e pedofilia.

Um dos perigos eminentes é o famoso site de relacionamento, o ORKUT que é muito visitado e utilizado por jovens e adolescentes, este pode ser e é um perigo para essas pessoas, pois se utilizando do ORKUT pode-se realizar uma técnica chamada “mapeamento de redes sociais”, o que vem a ser essa técnica que pode ser usada para o mal: o “golpista” (esta pessoa ou grupo de pessoas podem estar preparando qualquer tipo de ato maléfico para atingir a pobre vitima) consegue através do perfil (informações cadastradas) do ORKUT identificar em qual cidade, qual escola, qual clube ou barzinho a vitima é freqüentadora, e com isso agir.

Muitas pessoas quando entram no ORKUT informam dados do perfil diferente do que são na realidade, essa pode ser uma forma de não permitir a identificação em um primeiro momento da vitima, mas os “golpistas” são pessoas que tem a finalidade de prejudicar alguém e qualquer um com um olhar mais atento ao “mapa de redes sociais” da “vitima” pode-se definir com uma grande precisão o perfil de qualquer um de seus membros, vamos analisar o seguinte exemplo:

Eu Wilson, moro na cidade de Itu/SP, mas em meu perfil eu não informei minha localização geográfica, mas a maioria de meus amigos (que estão em meu ORKUT) mora em Itu/SP, então com isso o “golpista” analisa que eu tenho grandes chances de morar também em Itu/SP. Em meu perfil, posso informar que tenho 60 anos, mas pela analise de meu perfil pode-se perceber que me relaciono com pessoas mais jovens, ou ainda na minha foto não aparento esta idade.

O pior que muitas pessoas fazem no ORKUT é tirarem fotos deles em suas casas, e nas proximidades, com placas de indicação de endereço e localização, fotos do colégio ou faculdade que freqüenta fotos dos barzinhos com os amigos e familiares, fotos da empresa que trabalha.

Outras comunidades muito perigosas são as de colégios e faculdades, onde os “golpistas” tem a informação precisa de onde a “vitima” estuda, que curso faz e qual o horário de entrada e saída da mesma, e com o que é pior ainda, sua foto ou a de seu filho.

Bandidos e membros do crime organizado podem pegar dados pessoais, fotos, telefones etc., através dos scraps (mensagens deixadas por conhecidos) esses bandidos conseguem ter informações de onde essas pessoas irão e em que horário, tornando muito fácil a pratica de um crime.

Com isso podemos concluir que com o uso descontrolado de comunidades de relacionamentos, tipo ORKUT (não sou contra o uso do ORKUT, e somente estou comentando sobre este, pois ele é a maior comunidade virtual do mundo, somente prego o uso consciente desta ferramenta) causa uma invasão na privacidade das pessoas, pois todos que desejarem tem acesso à página da pessoa e conseqüentemente têm acesso a todos seus dados pessoais.

Dicas para se precaver na utilização do ORKUT e outras comunidades de relacionamento:

- Não coloque fotos com locais que dêem referencia a sua moradia ou trabalho;
- Apague sempre os scraps (mensagens deixadas por conhecidos) para minimizar as informações que podem ser conseguidas;
- Evite colocar fotos de parentes e amigos;
- Evite colocar telefone, endereço, CEP;
- Cuidado com as informações que você ira colocar, pois você pode estar expondo locais que você gosta, horários, hábitos etc, seus dados podem ser verdadeiros, mas você nunca sabe os da pessoa que os estão monitorando, muitas vezes para o mal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 478 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal