Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/10/2007 - Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Combate ao crime organizado e à lavagem de dinheiro precisa de ação integrada

Por: Aline Bravim


Brasília - Executivo, Legislativo e Judiciário têm apresentado propostas e colocado em prática iniciativas que mostram a preocupação com a questão do crime organizado. A avaliação é da juíza federal e presidente do Instituto Nacional da Qualidade Judiciária (INQJ), Elizabeth Leão.

“Isso está claro pela quantidade de ações que vem se desenrolando no decorrer dos últimos anos, a redução da quantidade de criminosos, de quadrilhas que estão sendo desbaratadas, quantidade de pessoas que estão sendo condenadas. As condenações, inclusive, têm sido feitas de forma mais ágil e rápida”, ressalta.

A juíza participou hoje (31) do 1º simpósio nacional sobre crime organizado e lavagem de dinheiro, realizado pelo Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) e o Instituto de Estudos Legislativos Brasileiros (Idelb), em Brasília.

O objetivo do evento era desenvolver uma agenda integrada de mobilização nacional dos poderes públicos e da sociedade civil para combater a lavagem de dinheiro, a corrupção, o tráfico internacional de drogas e recuperar os ativos de origem ilícita no exterior.

Para o presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), do Ministério da Fazenda, Antonio Gustavo Rodrigues, a lavagem de dinheiro é uma questão complexa e difícil de ser combatida.

“Acabar com a lavagem é praticamente impossível. Porém, em termos comparativos, o Brasil não está mal situado”, afirmou.

Para Rodrigues, a maior barreira é o código penal que, segundo ele, é ultrapassado. “Mas a dificuldade para se lavar dinheiro tem aumentado. O número de órgãos fiscalizando é maior e os bancos de dados têm se atualizado”, completou.

Durante o dia de hoje (31), representantes do governo e da sociedade civil discutiram por meio de palestras formas de combater os problemas ligados ao crime organizado e propostas para a elaboração de um agenda conjunta. Os órgãos governamentais também apresentaram as ações desenvolvidas para amenizar essas situações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 266 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal