Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/03/2013 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Laudo comprova fraude em assembleia da Mocidade

Por: Fernanda Alves

Exame diz que havia até erros de grafia em assinaturas de sócios.

Rio - A política na Mocidade Independente de Padre Miguel promete fervilhar ainda mais. Laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) comprovou que assinaturas de sócios da escola de samba foram falsificadas numa assembleia em 2010.

Na reunião, o atual presidente Paulo Vianna decidiu, entre outras coisas, que a prestação de contas da Verde e Branca — antes analisada pelo sócios — fosse entregue à avaliação do Conselho Fiscal. O inquérito está na 4ª DP (Praça da República).

O laudo afirma que, "além de erros ortográficos, foram demarcadas divergências gráficas formais". Mesmo assim, ressaltam os peritos, as análises foram feitas em cima de cópias (xerox), o que não é o ideal para o resultado.

Em dezembro, O DIA mostrou que o Ministério Público tinha iniciado investigação para apurar essa suposta fraude. Ao todo, a polícia chamou 12 pessoas para registrar suas assinaturas, a fim de que pudessem ser conferidas com as que constavam na lista de janeiro de 2010.

Nove foram consideradas falsas, e as outras três não puderam ser analisadas. O ICCE quer ver o livro original. A oposição acusa Paulo Viana de forjar as assinaturas para aprovar medidas que lhe favoreceriam.

Na assembleia, Paulo Viana também reconheceu o Instituto Educação e Pesquisa Sócio Cultural e Ambiental Mocidade do Futuro como entidade filiada à escola. “Ele conseguiu nova fonte de captação de recursos sem pagar dívidas trabalhistas”, acusou um ex-diretor, que não se identificou.

Vianna nega. “Ele jamais falsificou assinatura ou pediu que alguém o fizesse”, disse Edson Ribeiro, advogado da escola. A Polícia Civil informou que o inquérito está em andamento.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 250 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal