Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

14/03/2013 - Notícias ao Minuto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Judiciária Operação Moscatel e a falsificação de combustível 'low cost'

A Polícia Judiciária deteve, esta quarta-feira, três indivíduos suspeitos de associação criminosa, branqueamento e fraude de 2.3 milhões de euros em negócios de combustíveis falsificados. Em causa está a comercialização, a baixo custo, de gasóleo adulterado.

Foi através da 'Operação Moscatel', levada a cabo pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção, que a Polícia Judiciária descobriu a utilização de gasóleo falsificado no posto de abastecimento Ouro Negro, na Azambuja, avança a edição desta quinta-feira do Jornal de Notícias.

O combustível em questão era comercializado a um valor inferior, cerca de 1.353 euros por litro, e terá provocado avarias a alguns automóveis.

O Jornal de Notícias adianta que além da empresa Ouro Negro, poderá ainda estar uma outra empresa envolvida, esta responsável pela mistura de gasóleos com óleos já utilizados por indústrias.

A empresas suspeitas são alegadamente acusadas, entre outros crimes, de "crimes de fraude fiscal qualificada, fraude sobre mercadorias, introdução fraudulenta no consumo de produtos petrolíferos", escreve o jornal.

A PJ, durante os últimos dois anos, realizou perto de 30 mandatos de busca em residências, escritórios, bombas de gasolina e transportadoras de abastecimento, nas regiões da Azambuja, Azetião, Almerim, Pombal e Santarém. Desta operação foram apreendidos 100 mil litros de combustível adulterado, documentação variada e cerca de 30 mil euros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 303 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal