Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

14/03/2013 - Tribuna da Bahia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dupla financiava carros com RGs falsos


Dois estelionatários, que usavam documentos falsos para abrir contas bancárias e financiar veículos, além de obterem talões de cheques, cartões de crédito e de débito nas instituições financeiras, foram apresentados à imprensa, na tarde desta quinta-feira (14/3), no auditório do edifício sede da Polícia Civil, na Piedade.

A diretora do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), delegada Emília Blanco, e o titular da Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof), delegado Oscar Vieira Neto, também apresentaram diversas cédulas de identidade falsas, cheques em branco, documentos contratuais e vários cartões apreendidos.

Os golpistas, que dizem chamar-se Ricardo Ramalho de Souza e Paulo Luciano Freitas Alves, foram presos por investigadores da Dreof, na quarta-feira (13), no bairro de Ondina, quanto tentavam financiar um veículo, em uma agência do Banco do Brasil. Ambos serão submetidos a exame de identificação criminal para buscar saber se estas são suas verdadeiras identidades.

Ricardo escondia sete RGs falsos, com sua fotografia, e o comparsa outras seis cédulas de identidade, também com sua foto.

Utilizando um RG em nome de Ricardo Souza Rocha, os estelionatários conseguiram financiar, há duas semanas, no Banco do Brasil, um Ford Fusion, modelo 2010, de placa JSL-7795, já apreendido pela polícia. O carro está avaliado em R$ 70 mil.

Um veículo Ecosport, de placa NTN-7338, custando em torno de R$ 45 mil, e que seria financiado em nome de Luciano da Silva Cavalcante, também está apreendido no pátio da Polícia Civil, na Piedade.

O delegado Oscar Vieira Neto apurou que os golpistas criaram a empresa Falcon Indústria & Comércio Atacadista de Produtos de Limpeza, constituída com nomes fictícios, e com suposta sede em Simões Filho. Posteriormente, fizeram alterações contratuais para retirar os supostos sócios originais e incluir outros nomes fictícios na sociedade.

Autuados em flagrante por uso de documento falso e estelionato, eles estão custodiados no Complexo Policial da Baixa do Fiscal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 127 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal