Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

11/03/2013 - PB Agora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Pastor com oito mandados de prisão é preso quando fugia da Paraíba para Salvador


Foram presos na madrugada desta segunda-feira(11) Paulo Henrique Silva Freitas e sua esposa Jeane Santos Nunes, acusados de estelionato.Paulo, que é pastor e Jeane estavam na cidade de Caruaru, em Pernambuco, quando policiais da Delegacia de Defraudações de João Pessoa os pegaram.

Aqui na Capital paraibana, eles já tinham sido presos semana passada por terem aplicado golpes da casa própria em bairros nobres da cidade. O casal tem 8 mandados de prisão contra eles

De acordo com o delegado Gustavo Carllito, a prisão do casal ocorreu novamente após a polícia paraibana ser informada de que Paulo Henrique e Jeane Santos estavam sendo procurados em outros estados.

“Eles foram presos na última quarta (6), em João Pessoa, e liberados na quinta (7). Como o sistema estava fora do ar, não conseguimos ter informações sobre a ficha criminal deles. Na sexta (8), o Infoseg voltou a funcionar, daí constatamos que o casal estava sendo procurado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo”.

Ainda de acordo com o delegado, o setor de investigação da Polícia Civil começou a rastrear o casal e recebeu informação de que Paulo Henrique e Jeane Santos estavam em um ônibus que saiu de Campina Grande com destino a Salvador.

“De posse da informação, a gente montou uma operação e conseguimos interceptar o ônibus na cidade de Caruaru, em PE. Eles foram presos dentro do coletivo e não resistiram à prisão”, disse o policial civil.

Gustavo Carllito comentou que após serem soltos, os acusados de estelionato tentaram se esconder em várias cidades paraibanas. “Para despistar a polícia, o casal se escondeu em João Pessoa, Solânea e Campina Grande”.

O delegado informou que pelo menos 300 pessoas foram lesadas pelo trio, com a promessa de que pagando o valor referente ao cadastro na lista de espera, teriam a oportunidade de comprar uma casa no valor de R$ 50 mil, localizada em condomínios nos bairros do Bessa ou Altiplano.

Paulo Henrique e Jeane Santos estão presos na Central de Polícia em João Pessoa e serão apresentados à imprensa na manhã desta segunda-feira (11), durante entrevista coletiva.

Prisão

Na última quarta-feira (6), o casal foi preso em um escritório que supostamente funcionava como agência de turismo no Bairro dos Estados, onde o pastor estava acompanhado de um casal que também participava dos golpes. No local foram apreendidos documentos que podem comprovar a fraude.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 112 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal