Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/03/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

TJ nega liminar de habeas corpus a delegados e doleiro presos no DF

Delegados passavam informações sigilosas a investigado, diz MP. Doleiro era investigado por lavagem de dinheiro desde 2008.

Presos no DF delegados e doleiro investigado por lavagem de dinheiro Tribunal de Justiça do DF nega habeas corpus a filha de ex-ministro Os desembargadores do plantão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal negaram o pedido liminar de habeas corpus aos delegados suspeitos de passar informações sigilosas ao doleiro Fayed Antoine Traboulsi, investigado por lavagem de dinheiro desde 2008. A solicitação feita pela defesa de Traboulsi também foi negada.

De acordo com o tribunal, o trio, que está preso desde sexta-feira (8), aguarda agora o julgamento do mérito dos pedidos. A prisão preventiva deles ocorreu após ação conjunta do Ministério Público e da Polícia Civil.

De acordo com denúncia do MP, os delegados, além de passarem informações sigilosas a um investigado, “com o fim de favorecer interesse próprio e alheio”, usaram de violência e grave ameaça contra um agente de polícia que investigava Traboulsi e um ex-presidente do Ceilândia Esporte Clube por lavagem de dinheiro.

O doleiro Fayed Antoine Traboulsi é alvo de diversas investigações por crimes contra o sistema financeiro. Essa é a primeira vez que ele é preso. O G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 165 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal