Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

07/03/2013 - Christian Post Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsos pastores cometem crimes

Por: Giana Guterres

Casos aconteceram nas regiões metropolitanas de Manaus e Vitória.

Um grupo de três irmãos foi preso em um assalto a ônibus na terça-feira (5), na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo. O trio se passou por evangélicos e era investigado há três meses. Já em Iranduba, no Amazonas, um homem foi vítima de um golpe em que um falso pastor vendeu um terreno do qual não era proprietário.

O grupo de assaltantes de coletivos foi flagrado quando agia em Serra (ES) – no quilômetro 250 da BR 101 - segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao G1. Os irmãos tinham 26, 17 e 13 anos e estavam bem vestidos na abordagem aos passageiros.

O inspetor da PRF, Fernando Furieri, explicou a dinâmica dos crimes: o irmão mais velho e vestido de pastor evangélico abordava os passageiros, enquanto o irmão de 17 anos rendia as vítimas usando uma arma e o irmão mais novo coletava todo material entregue aos assaltantes. Eles foram presos quando se preparavam para mais um assalto em um ônibus que seguia para Aracruz.

A estratégia tinha o objetivo de passar desapercebidos por abordagens policiais . “A quadrilha participou de um assalto em Guarapari, onde o trocador reagiu e foi baleado com três tiros", disse o inspetor. O trio foi encaminhado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Serra.

No Amazonas, Samuel Nascimento Barbosa foi enganado por um suposto pastor no município de Iranduba, distrito de Cacau Pirêra. Ao descobrir o golpe quando comprou o “terreno dos sonhos”, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) na delegacia local. Desde a última sexta-feira, a polícia faz buscas por Makson Calmont da Silva, de 29 anos. O acusado é conhecido como “pastor Makson”.

“Eu fui enganado pelo sonho da casa própria. Tenho cinco filhos, entre elas uma menina com deficiência mental de 10 anos, não tenho mais o dinheiro e me tiraram o sonho. Não quero que outras pessoas sejam enganadas. Peço que denuncie este estelionatário”, disse Samuel ao jornal A Crítica.

A vítima viu o anúncio de venda em um jornal e ao procurar o proprietário que se apresentava comprou dois lotes. No dia 22 de fevereiro, Samuel e a esposa estiveram no local, quando Makson mostrou o que seria uma cópia autenticada de um documento com data da mesma semana.

Samuel só foi descobrir que foi enganado quando ao limpar o terreno foi abordado por Jonas Lima, verdadeiro proprietário do terreno. A polícia desconfia que o nome do estelionatário seja falso e está procurando pelo mesmo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 164 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal