Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

07/03/2013 - Paraná Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Coisas pioram pro advogado preso no dia do casório

Por: Janaina Monteiro


Oito pessoas já compareceram à Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) para registrar boletim de ocorrência contra o advogado José Rodrigues Vieira, 41 anos, preso na semana retrasada, no dia do casamento. O golpe consistia na venda de terrenos frios que ele dizia ter arrematado em leilões. O prejuízo causado às vítimas chega a R$ 2,5 milhões. Entre os lesados pelo advogado está um policial militar.

Segundo o delegado Vinícius Borges Martins, José Vieira continua preso porque ainda não pagou a fiança de 200 salários mínimos, equivalente a pouco mais de R$ 135 mil. Ele acredita que mais vítimas caíram na lábia do advogado. Ontem, uma mulher entrou em contato com a DEDC dizendo que ele vivia de favor na casa dela. Essa pessoa deverá ser ouvida na delegacia. “Ele chegou a vender o mesmo terreno frio para cinco pessoas”, disse o delegado.

José Vieira também causou um prejuízo de R$ 250 mil em casas lotéricas. Vítimas, inclusive, teriam dito que ele confessou os golpes porque era viciado em jogos. “Ele jogava e não pagava. Nesse caso, as casas loterias não foram vítimas de golpe, porque dívida não é crime. Ele queria ganhar na loteria para pagar os credores”, continuou o delegado. O advogado, porém, só se esqueceu de guardar dinheiro para pagar advogado e a fiança, por isso ele permanece preso.

Casos

O delegado conta que, cerca de seis anos atrás, José era advogado de uma empresa da qual teria se apropriado de um alvará no valor de R$ 500 mil. Ele também era investigado pela Polícia Federal por falsificar documentos da Caixa Econômica e foi interrogado na superintendência da PF na última sexta-feira.

José foi preso no Batel pouco antes da cerimônia de casamento. O escritório dele ficava ao lado da delegacia de São José dos Pinhais. Quem tiver sido vítima do advogado pode entrar em contato com a DEDC pelo telefone (41) 3261-6600.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 451 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal