Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

04/03/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Prefeito de Cujubim, RO, nega fraude em processo seletivo; MP investiga

Por: Eliete Marques

Operação QI foi deflagrada na quarta-feira, 27, com apoio da Polícia Civil. Servidoras foram afastadas, documentos e computadores foram apreendidos.

O prefeito de Cujubim (RO), Ernan Amorim, diz que a Operação QI deflagrada na quarta-feira (27), é baseada em “denúncias sem fundamento”. A operação investiga fraude no processo seletivo realizado em abril de 2012 no município. Documentos e computadores apreendidos, na casa do prefeito e na sede da prefeitura, estão sendo analisados pelo Ministério Público (MP). Três servidoras foram afastadas do cargo e estão proibidas de se aproximarem da prefeitura.

Amorim enfatiza que a prefeitura sempre manteve um diálogo com o MP, e que não havia necessidade da operação. Ele explica ainda que o processo seletivo foi organizado por uma comissão da prefeitura, para economizar gastos. “Nós lamentamos esta ação, pois todo procedimento realizado no processo seletivo foi legal e serão provados diante da Justiça”, defende.

O chefe do executivo ressalta que a apreensão dos computadores está prejudicando os serviços da prefeitura. “Todos os computadores foram levados. Paramos todos os procedimentos, e temos que prestar contas de convênios do município, fazer a folha de pagamento dos servidores e corremos o risco de ficar inadimplentes”, ressalta Ernan.

Investigação

Conforme a promotora Joice Azevedo, testemunhas relataram várias irregularidades durante o processo seletivo. Em uma das situações, participantes disseram que alguns candidatos tiveram acesso a prova antes do certame. Além disso, no dia da aplicação das provas, documentos de identidade não teriam sido conferidos, e os aparelhos eletrônicos dos candidatos não foram guardados.

Testemunhas revelaram ao MP, que no dia das provas, não foram distribuído os gabaritos; o caderno de provas teria um quadro de identificação e que as provas não foram disponibilizadas aos candidatos, após o certame.

“Para justamente impedir o direcionamento de aprovação, tem que resguardar o anonimato do candidato para a correção da prova. O processo também anulou a possibilidade do candidato questionar se as questões estavam bem elaboradas e se as respostas apontadas pela prefeitura eram de fato as corretas”, explica a promotora.

Durante a operação, entre outros documentos, provas de candidatos foram apreendidas e o MP tem 30 dias para entrar com ação. “Numa analise superficial que fizemos dos documentos, tudo indica que logramos êxito em constatar a fraude e provavelmente estaremos ajuizando a ação de improbidade administrativa contra nossos investigados”, enfatiza Joice.

Afastamentos

No dia da operação, a secretária de Ação Social do município e mulher do prefeito, Franciane Brito Alves Sampaio Souza, e a secretária municipal de Saúde, Rosa Diana Gonçalves foram afastadas do cargo. No dia seguinte, quinta-feira (28), também foi afastada do cargo, a procuradora do município, Ivanilde Marcelino de Castro. Elas estão proibidas de se aproximar a menos de 300 metros da prefeitura ou de qualquer outro prédio público municipal, sob pena de prisão preventiva.

Durante as investigações, testemunhas foram chamadas para falar ao MP sobre o processo seletivo e Franciane, Rosa e Ivanilde são acusadas de tentar influenciá-las. Foi realizado uma reunião com as testemunhas, que foram orientadas para que respostas fossem dadas ao MP, explica Joice. "Devido a esta interferência indevida, pedimos a magistrada o afastamento das servidoras, pois elas exorbitaram de sua autoridade; houve abuso do cargo para ocultar a verdade”, explica Joice.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 84 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal