Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

28/02/2013 - Jornal Agora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cuidado com as fraudes nos extintores de incêndio

Por: Renato Dutra Pereira


São muitos os riscos que as fraudes em extintores de incêndio podem causar à população. Os anéis de segurança dos extintores mostram o ano e a empresa que realizou a manutenção do extintor e só é possível colocá-lo corretamente no local, se o equipamento for desmontado, e é neste momento que começa a fraude. Para reaproveitar a carga do extintor e diminuir os custos, algumas empresas simplesmente fingem que efetuaram a manutenção.

Por esta razão eu recomendo, antes de recarregar os extintores de incêndio, as empresas, escolas, condomínios e outros deveriam realizar um treinamento prático de uso do extintor, utilizando aquela carga, obrigando os mesmos a serem recarregados com carga nova.

Sabemos que existem empresas idôneas que trabalham com extintores, entretanto há muitos “picaretas” neste ramo, utilizando inclusive carga de farinha de trigo nos extintores e outros substituindo apenas os selos do Inmetro, lacres e manômetros.

No momento em que a manutenção no extintor não é realizada, nós não podemos garantir de forma alguma que o equipamento possa ser usado de forma segura.

O consumidor está pagando por um serviço, que não está sendo prestado.

Fraudar extintores de incêndio, bem como seus acessórios e selos é crime.

Alguns cuidados devem ser tomados antes da escolha dos prestadores de serviço que executarão a manutenção e recarga nos extintores de incêndio de sua empresa ou condomínio. É bem comum realizar a contratação de uma empresa de inspeção e manutenção em extintores de incêndio e, após a segunda manutenção, não prestar mais atenção sequer a quem está vindo buscar o extintor de incêndio para levá-lo à empresa de manutenção.

Costumo dizer que este ramo de negócio é prostituído, por uma questão cultural que ainda levará algum tempo para mudar, assim é bom lembrar que contratar uma empresa sempre pensando no menor preço pode ser uma grande “furada”. Alguns cuidados básicos devem ser tomados, para que depois a economia não se torne mais que um prejuízo, torne-se uma grande dor de cabeça.

Quando você entrega o seu extintor de incêndio a uma empresa para fazer manutenção, não está entregando apenas um objeto, mas a segurança do seu patrimônio, da sua família, dos seus colaboradores. Se houver qualquer tipo de incêndio e se o seu extintor não funcionar adequadamente, você, simplesmente, vai perder tudo o que construiu. Até a sua vida estará em jogo. É bom pensar nisso.

A lista das empresas certificadas encontra-se disponível no www.inmetro.gov.br/prodcert/. Acesse o item "Empresa", digite o número da razão social ou do CNPJ da mesma e selecione "buscar". O Inmetro recomenda, ainda, que seja feita uma busca das novas empresas no endereço www.inmetro.gov.br/qualidade/extintor/index.asp .

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 117 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal