Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

01/03/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia investiga suspeita de estelionato em Suzano

Homem teria vendido casa irregularmente no Jardim Revista. Depois de pagar, vítima descobriu que imóvel pertencia a outra pessoa.

A Polícia Civil de Suzano investiga uma suspeita de estelionato que envolveu várias vítimas no Jardim Revista. Uma delas é a dona de casa Fabíola Ferreira da Silva. Ela contou que por R$ 25 mil e um carro comprou de José Roberto da Silva uma casa no bairro.

Segundo Fabíola, José Roberto apresentou uma escritura pública do imóvel em nome de Roberto Carlos da Silva. Ao ver o documento, Fabíola fechou o negócio. No entanto, uma semana depois, ela descobriu que a casa pertencia a Aline Caroline Gomes de Andrade e ao marido dela, Jonathan. Ao perceber o golpe, Fabíola registrou um boletim de ocorrência na delegacia. Aline disse à polícia que alugou o imóvel para José Roberto por três meses e, por isso, nem fez um contrato com o inquilino.

Segundo as vítimas, o golpista também alugou outro imóvel na mesma rua por três meses para fazer serviços de assistência técnica em eletrônicos. Elas dizem que quando ele desapareceu na semana passada levou o dinheiro e todos os aparelhos dos clientes.

O advogado de José Roberto, Marcelo Luís Cardoso de Menezes, alegou que seu cliente também é uma vítima e que pretende devolver o dinheiro que Fabíola pagou pelo imóvel. Quanto aos produtos levados até a assistência técnica, o advogado disse que as pessoas que alegam que deixaram os equipamentos no local precisam provar isso por meio de um comprovante.

Segundo a polícia, José Roberto da Silva vai responder por estelionato. A escritura apresentada pelo acusado a Fabíola deve ser analisada. Caso seja falsificada, José Roberto pode responder também por falsidade documental e falsidade ideológica.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 241 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal