Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

24/02/2013 - Diário de Notícias / Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Governo vai publicar lista de funcionários corruptos

Por: Luís Manuel Cabral


O governo sul-africano vai publicar uma lista de todos os funcionários corruptos, anunciou hoje o ministro da Justiça, Jeff Radebe, avançou a AFP.

Nos próximos dias iremos publicar os nomes de todos os que foram condenados em casos de corrupção e de todos aqueles cujos bens foram congelados e confiscados pelo Estado (...) de modo a que o público possa saber quem são as maçãs podres da sociedade sul-africana", referiu o ministro aos jornalistas em Pretória.

Jeff Radebe salientou que os seus serviços estão a "trabalhar nos detalhes" e ainda a decidir se será necessário envolver os média eletrónicos, jornais, rádio ou televisão na publicação da referida lista.

Questionado sobre se a publicação desta lista poderá causar problemas jurídicos, o ministro da Justiça respondeu que os nomes já eram conhecidos uma vez que se trata de "informação pública" que está publicada nos "registos dos tribunais" pelo que "não há nenhum problema em nomear essas pessoas".

"Queremos que o público esteja ciente do que se passa", sublinhou o ministro, destacando os progressos feitos na luta contra a corrupção na África do Sul.

De acordo com a classificação internacional estabelecida pela ONG "Transparência Internacional", atribuída em função do grau de perceção da corrupção, a mesma está a piorar na África do Sul, tendo o país perdido 15 posições num ano, baixando do 64.º para o 79.º lugar.

A ONG sul-africana "Corruption Watch" estima que os funcionários municipais são os mais corruptos no dia-a-dia, reunindo 22% das queixas recebida em 2012, seguindo-se a polícia de trânsito com 14,4% e os funcionários da área da educação (11%).

A Comissão de Serviço Público (oficial) manifestou recentemente a sua preocupação perante a corrupção dos funcionários, muitos dos quais a gerir empresas comerciais com os seus próprios serviços.

Desde 2004, mais de 1.500 funcionários públicos foram demitidos por corrupção e uma pequena parte dos montantes em jogo foram recuperados.

Contudo, e de acordo com a Comissão de Serviço Público, a maior parte dos contratos duvidosos não são relatados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 121 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal