Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

08/01/2013 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ministro de Orçamento da França é investigado por lavagem de dinheiro


A Procuradoria de Paris anunciou nesta terça-feira a abertura de uma investigação preliminar sobre o ministro de Orçamento da França, Jérôme Cahuzac, por lavagem e fraude tributária após informações de que ele teve uma conta bancária não declarada na Suíça.

A investigação foi aberta depois que o site Mediapart publicou que Cahuzac possuía uma conta no banco suíço UBS, o que foi negado pelo ministro, que por sua vez entrou com uma ação por difamação contra o portal, informou a Procuradoria em comunicado.

O Ministério Público disse que as denúncias feitas pelo "Mediapart" podem ser consideradas "penais", por isso determinou "verificações" e "todas as audiências necessárias para conseguir estabelecer a verdade".

"A Procuradoria ordenou, portanto, a abertura de uma investigação preliminar sobre as acusações de lavagem e de fraude tributária e encarregou a mesma à divisão nacional de investigações financeiras e tributárias", acrescentou.

O Mediapart, site criado pelo ex-diretor de Le Monde Edwy Plenel, publicou em 4 de dezembro que Cahuzac teve uma conta não declarada na Suíça, antes de transferí-la em 2010 a Cingapura.

A direção do site diz que possui uma gravação que data de 2000 na qual Cahuzac reconhece possuir a conta na Suíça. "O que me incomoda é que ainda tenho uma conta aberta no UBS", disse então Cahuzac, segundo o Mediapart, em uma gravação revelada por um ex-adversário político à prefeitura de Villeneuve-sur-Lot, no sul do país.

O ministro negou que a voz dessa gravação fosse a sua e afirmou que tentou conseguir os relatórios necessários para mostrar que nunca teve contas na Suíça, o que, disse, "não é fácil" nesse país.

Cahuzac, médico de formação, reconhece que ganhou muito dinheiro graças a sua participação em uma consultoria de saúde.

Até sua nomeação como ministro, Cahuzac presidia a comissão de finanças da câmara baixa francesa, à frente da qual trabalhou para acabar com a evasão fiscal, e foi deputado pelo Partido Socialista.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 112 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal