Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

08/01/2013 - D24am Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Em Manaus, dona de casa recebia R$ 150 para roubar aposentados

Por: Lívia Anselmo

Célia Maria Maia, 56, foi presa na tarde desta segunda-feira, após utilizar documentos falsos para sacar dinheiro referente a aposentadoria de outras pessoas.

Manaus - A dona de casa Célia Maria Maia, 56, foi presa na tarde de segunda-feira (7), por policiais militares da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), após utilizar documentos falsos para sacar dinheiro referente a aposentadoria de outras pessoas em uma agência da Caixa Econômica Federal (Caixa), localizada na Avenida Francisco Queiroz, no bairro Colônia Santo Antônio, zona norte de Manaus.

Em depoimento, Célia confessou o crime e disse que recebia R$ 150 de um homem pelo serviço. Segundo o delegado titular do 18º Distrito Integrado de Polícia (18º DIP), Ivo Martins, a polícia foi acionada após o gerente do banco reconhecer a mulher e perceber que a documentação não era dela.

Ainda de acordo com Martins, além de um cartão da previdência social e uma carteira de identidade, com Célia foram encontrados dois comprovantes de saques de contas diferentes no valor de R$ 622 e R$ 1.246.

“Ela contou que recebia os cartões e documentos de um homem que conheceu quando era vendedora. Eles marcavam encontro no Centro para esse repasse e, em seguida, ela executaria a tarefa”, disse o delegado.

Conforme Martins, em depoimento, a suspeita disse que sabia que era ilegal, mas que estava necessitada e, por isso, fazia o serviço.

A polícia informou que há dois homens envolvidos no caso e haverá uma investigação para saber quem são as pessoas e como os documentos chegavam até Célia. Segundo o delegado, a suspeita foi autuada em flagrante por uso de documento falso, falsificação de documento público e tentativa de furto.

Por meio dos comprovantes de saque e da identidade encontrada com Célia, três vítimas foram identificadas, além do Estado. O crime é inafiançável pela autoridade policial, no entanto, o juiz pode arbitrar fiança.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 95 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal