Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/10/2007 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários compram motos na praça

Por: Hedi Lamar Marques


A Polícia Militar apreendeu cinco motocicletas que haviam sido adquiridas por estelionatários, os quais utilizaram documentos falsos para realizar as compras em lojas da cidade. Duas pessoas foram presas na operação, iniciada por volta de 19h de sexta-feira.

O Serviço de Inteligência da PM recebeu denúncia anônima sobre a ação de três suspeitos, identificados posteriormente como Júlio César Braga, 21; Alan Kardec Alves de Souza, 45, e o filho do mesmo, Alan Carlos Alves de Souza. Os militares montaram campana nas imediações de loja situada no bairro São Benedito, onde Júlio César estava comprando uma moto Sundown Max 125 de cor prata, usando o nome de Júlio César Carvalho, conforme contrato do financiamento do banco, assinado por ele. Depois que o autor concluiu a compra e já retirava o veículo da loja, foi abordado na rua pelos policiais, que confirmaram sua verdadeira identidade.

De acordo com a PM, no dia 29 de setembro, Alan Kardec havia comprado outra moto Sundown Max 125 na mesma loja, utilizando o nome de Evandro Henrique Dias. Os dois veículos foram avaliados em R$ 10 mil.

Segundo a polícia, Alan Kardec e Alan Carlos teriam fugido após abandonar os outros veículos em residência situada na rua Miguel Abdanur, bairro Leblon, onde também reside Júlio César. No local foram apreendidas quatro motos, duas Honda Fan 125, placas HGW-2234 e HGW-2162, uma Honda Biz 125 sem placa e a Sundown Max 125, também sem placa, comprada na loja do bairro São Benedito.

Os outros três veículos haviam sido comprados em estabelecimento situado no bairro Leblon. No local, Alan Carlos Alves de Souza também usou o nome de Alan Carlos Silva para realizar a compra.

O proprietário da loja, que pediu para não ser identificado, disse que até então não tinha conhecimento do golpe, e só ficou sabendo do ocorrido após o flagrante realizado pela PM. Segundo ele, Alan Kardec e Alan Carlos haviam comprado duas motos 30 dias atrás, sendo que, no dia 24 deste mês, Júlio César adquiriu um terceiro veículo, sendo os três avaliados em R$ 17 mil.

O empresário explicou que já havia recebido o dinheiro dos bancos responsáveis pela liberação dos financiamentos, mas já decidiu devolver o valor da última moto. A própria vítima afirmou entender que é difícil identificar golpes semelhantes, onde os autores montaram verdadeiro esquema, inclusive com telefone de contador, atendendo a todas as exigências para fechar o contrato.

Para o empresário, mesmo não tendo perda financeira, pode ter prejuízo no que diz respeito ao relacionamento com as financeiras, as quais avaliam os clientes de cada loja.

Além do Serviço de Inteligência, também participaram da operação a guarnição Tático Móvel 9738, comandada pelo cabo Sérgio, e a Rotam 11036, comandada pelo sargento Buriti. Os policiais concluíram o boletim de ocorrência por volta de 22h, com a condução de Júlio César à Delegacia de Polícia Civil, onde foram apresentados também os documentos apreendidos. Uma dona-de-casa de 22 anos, que serviria como fonte de informação para confirmar os dados dos autores pelo telefone, também foi conduzida à 15ª DRPC. Os militares providenciaram ainda as apreensões das motos, encaminhadas ao pátio conveniado ao Detran.

A reportagem não conseguiu falar com a delegada Maria José Ribeiro, que teria sido responsável pelo flagrante.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 458 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal