Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/02/2013 - Boa Informação / Terra / AFP Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Jesse Jackson Jr admite fraude com doações de campanha


O ex-congressista Jesse Jackson Jr, filho do respeitado líder de defesa dos direitos civis, admitiu esta quarta-feira ser culpado de desviar US$ 750 mil dólares em doações de campanha para financiar seu estilo de vida perdulário.

O reconhecimento é o último capítulo da queda em desgraça do democrata de Illinois, que no passado chegou a ser considerado uma estrela ascendente nacional, mas renunciou em novembro após 17 anos na Câmara de Representantes.

“Jesse Jackson Jr entrou na vida pública com potencial ilimitado, mas desperdiçou seu futuro brilhante ao seguir uma conduta auto-destrutiva”, disse o procurador de justiça americano, Ronald Machen.

Segundo a Promotoria, Jackson usou doações de campanha para cobrir cerca de 3.100 “despesas pessoais” diversas, tais como alimentação, lavagem a seco, ingressos de cinema, móveis infantis, reformas domésticas, férias caras, além de mimos como um relógio Rolex folheado a ouro de US$ 43.350 e peças de colecionador, como uma das guitarras que pertenceram ao “rei do pop” Michael Jackson.

“Por sete anos, o senhor Jackson (Jr) traiu as pessoas que ele inspirou, roubando suas doações de campanha para financiar seu estilo de vida extravagante”, criticou Machen em um comunicado.

“Espera-se que sua queda em desgraça sirva de exemplo a outros líderes que se vejam tentados a sacrificar seus ideais e sua integridade para atender aos seus próprios interesses”, acrescentou.

Jesse Jackson Jr, de 47 anos, poderá pegar até cinco anos de prisão se for considerado culpado das acusações de formação de quadrilha, falso testemunho, fraude postal e eletrônica, mas seus advogados disseram aos jornalistas que ele espera receber uma sentença mais branda.

“Nós esperamos e contamos em que haverá justiça no processo”, disse o advogado de defesa Reid Weingarten na escadaria do tribunal federal de Washington.

“Alguém que contribuiu tanto com esta comunidade, fez tanto por tanta gente irá e deverá receber crédito por isso”, acrescentou.

Segundo Weingarten, os “sérios problemas de saúde” de seu cliente, que incluiriam distúrbio bipolar, explicariam seu comportamento irresponsável e criminoso, mas que depois de um “tratamento importante”, Jackson “assumiu o problema”.

“Ele tem dois filhos pequenos e esperamos que no curto prazo ou em um prazo razoavelmente curto, Jesse volte a ser um pai em tempo integral, maravilhoso, carinhoso e devotado”, afirmou Weingarten.

Mas as crianças correm o risco de ficar sem os dois pais por algum tempo, já que a esposa de Jackson, a ex-vereadora por Chicago Sandy Jackson, admitiu a culpa por apresentar falsos relatórios fiscais como parte do acordo feito pelo casal com a Promotoria.

Ela corria o risco de ser sentenciada a até três anos de prisão, mas os promotores concordaram em pedir uma pena de 18 a 24 meses.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 104 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal