Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/02/2013 - Jornal de Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ deteve 5 pessoas por suspeita de burlar o Estado em um milhão com falsificação de receitas

Esquema passava pela emissão de receitas falsas de medicamentos com uma elevada compartição do Estado. Até ao momento, Estado pode ter sido lesado em um milhão de euros.

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ) em colaboração com o Ministério da Saúde está a desenvolver uma operação que visa a investigação da “eventual prática de crimes de falsificação de documentos e burla qualificada”. Através dessa investigação, cinco pessoas foram já detidas.

“No decurso da operação foram detidos três homens e duas mulheres ligadas à actividade médica e farmacêutica, realizadas vinte e uma buscas a residências, locais relacionados com essa actividade e viaturas”, pode ler-se ainda no comunicado.

As autoridades explicam ainda que apreenderam diverso material relacionado com esta "actuação criminosa”, sendo que entre o material estão cinco automóveis.

O esquema deste grupo passaria pela emissão de receitas médicas falsas relativamente a medicamentos que tinham uma comparticipação do Estado elevada.

“O modo de actuação do grupo passava pela emissão fraudulenta de receituário relativo a medicamentação comparticipada pelo Estado numa percentagem muito elevada e apropriação da mesma”. Segundo as autoridades, o Estado foi lesado em um milhão de euros com este esquema.

O comunicado enviado às redacções diz ainda que os detidos, “com idades compreendidas entre os 42 e os 70 anos de idade”, vão ser presentes a tribunal ainda esta quinta-feira para que seja realizado “primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 84 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal