Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/02/2013 - Tribuna da Bahia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário que lesou prefeitura de São Francisco do Conde é capturado


Um golpe aplicado durante três meses por um comerciante e um servidor da Prefeitura de São Francisco do Conde, por meio da utilização fraudulenta do cartão coorporativo “Good Card”, foi descoberto por investigadores da 21ª Delegacia Territorial (DT/São Francisco do Conde) que prenderam, na quarta-feira (20/2), Huxley Brune Teixeira, de 20 anos.

Proprietário de um box de venda de roupas num centro de comércio popular, em São Francisco do Conde, ele tinha como cúmplice no esquema o servidor público Rafael Antônio Farias da Silva, que é procurado.

O resultado da investigação foi apresentado, nesta quinta-feira (21), no prédio sede da Polícia Civil, pela diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), Heloísa Brito, e pelo titular da 21ª DT/SFC, delegado Bruno Oliveira.

O trabalho da polícia revelou que a Sport News, de propriedade de Huxley, funcionava como empresa de fachada para que os estelionatários fraudassem o uso do cartão coorporativo, disponibilizado para compras de servidores municipais de São Francisco do Conde em estabelecimentos conveniados à Prefeitura

Segundo informações da Prefeitura e da empresa Golden Card, operadora do cartão, o golpe ultrapassa os R$ 500 mil. “Rafael conhecia as senhas para alteração do sistema do setor de pagamentos da Prefeitura e da Golden Card. Por meio delas, aumentava o valor do limite do cartão corporativo e efetuava compras no estabelecimento de Huxley, cujos valores eram debitados na folha de pagamento dos servidores”, apurou o delegado. Posteriormente, os limites eram reduzidos para os valores originais que correspondiam a 30 por cento da renda de cada servidor.

A Prefeitura de São Francisco do Conde suspendeu o serviço ao perceber as distorções nos valores cobrados na folha de pessoal.

A Procuradoria do Município denunciou a irregularidade à Polícia Civil, que iniciou as investigações. Huxley será indiciado por estelionato e permanecerá custodiado na carceragem da 21ª DT.

Lásaro João do Amaral, pai de Huxley, e também acusado de fazer parte do esquema, está foragido e terá a prisão preventiva solicitada à Justiça.

A captura de Huxley aconteceu em sua residência, localizada na Estrada de Campinas, em São Francisco do Conde. Os policiais cumpriram ainda mandados de busca e apreensão na loja Sport News e no endereço de Rafael Antônio, onde foram apreendidos documentos, pendrives, computadores e máquinas de cartões de crédito.

O material será periciado no Departamento de Polícia Técnica (DPT). A prisão preventiva de Rafael já foi decretada. A participação de outros envolvidos na fraude também é investigada.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 90 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal