Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

15/02/2013 - Época Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-prefeita de San Diego perdeu mais de US$ 1 bilhão em casinos

Maureen O'Connor, hoje investigada por ter roubado US$ 2,1 milhões da instituição de caridade do marido para apostar, justifica ato com câncer no cérebro

Maureen O'Connor, ex-prefeita de San Diego (Foto: Arquivo da cidade de San Diego)A ex-prefeita de San Diego, nos Estados Unidos, Maureen O'Connor perdeu mais de US$ 1 bilhão em jogos e apostas na última década. Acusada de ter roubado US$ 2,1 milhões da instituição de caridade de seu marido para jogar, o histórico da política foi investigado por órgãos públicos e chocou norte-americanos nesta semana.

Maureen era uma professora de educação física quando assumiu um emprego no gabinete da prefeitura de San Diego aos 25 anos. Posteriormente, ela conseguiria se tornar a primeira prefeita da cidade por dois mandatos. Agora, ela se defende das acusações de lavagem de dinheiro por causa das apostas excessivas.

A ex-prefeita se declarou inocente. No passado, ela chegou a ter uma fortuna estimada entre US$ 40 milhões e US$ 50 milhões, amparada também pelo sucesso do marido, Robert O. Peterson, fundador da rede de fast-food Jack in the Box. Hoje, ela está quebrada financeiramente e vive com uma irmã.

Segundo o Daily News, em uma teleconferência, a mulher disse que sempre teve a intenção de devolver o dinheiro à fundação de caridade do marido e culpou seu comportamento por um câncer no cérebro, diagnosticado em 2011. "Há duas Maureens. A Maureen número um e a Maureen número dois. A Maureen número dois é a que não sabia que tinha um tumor crescendo em seu cérebro", disse a política, que se recusou a responder perguntas de jornalistas.

O jogo favorito de Maureen era o vídeo pôquer de casinos em San Diego, Las Vegas e Atlantic City. O advogado dela, Eugene Iredale, contou que ela jogava quatro horas por vez. Entre 2000 e 2009, de acordo com relatórios que os casinos enviaram ao Internal Revenue Service, um serviço da Receita dos Estados Unidos, foram mais de US$ 1 bilhão ganhados e perdidos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 73 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal