Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

14/02/2013 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende estelionatário que trabalhava com síndico

Ele é condenado pela Justiça do Paraná por golpes e estava foragido desde agosto de 2012.

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, prendeu na noite desta quarta-feira (13), Edson José de Almeida, de 42 anos, foragido da Justiça do Paraná.

Ele foi condenado a doze anos e dois meses de prisão pela Justiça de Toledo (PR), pela prática de crime de estelionato. Entre os crimes, está um golpe de 170 mil, no Paraná.

Ele estava com mandado de prisão por condenação decretado desde agosto de 2012.

Em Mato Grosso, o acusado também responde a processos e foi indiciado pela Polícia Federal pelo crime de empréstimos fraudulentos.

Em Cuiabá, Edson José de Almeida trabalhava como síndico do condomínio Miguel Sutil, localizado no bairro Despraiado.

Audi

O acusado foi abordado pelos policiais civis do GCCO, em um veículo Audi, na Avenida Getúlio Vargas, em Cuiabá, e encaminhado à Polinter. Na tarde desta quinta-feira (14), ele foi ouvido pelo delegado Gianmarco Paccola Capoani.

A polícia chegou até o estelionatário após receber uma denúncia anônima, enviada por meio de carta.

Segundo o delegado Gianmarco, os policiais estão checando cinco CPF’s em nome do preso. A Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso aguarda relatório completo da Polícia paranaense.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 97 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal