Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

07/02/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusado de torturar mulheres em São José participa de nova audiência

Apenas uma vítima foi ouvida em primeiro audiência no mês passado. Julgamento é fechado ao público e réu segue preso preventivamente.

O segundo dia da audiência e julgamento do bacharel em direito, Ricardo Vasconcelos, preso preventivamente por tortura, extorsão e estelionato contra mulheres em São José dos Camposcomeçou às 10h desta quinta-feira (7) no fórum da cidade. O julgamento é fechado ao público e o processo está em segredo de Justiça.

A segunda sessão acontece quase um mês depois da primeira audiência em 14 de janeiro. Na ocasião, apenas uma vítima foi ouvida por duas horas.

As oitivas do processo devem contemplar ainda mais uma vítima, o réu e 20 testemunhas do caso - sendo 11 de acusação e 9 de defesa. Uma terceira vítima arrolada no processo já foi ouvida por meio de carta precatória em Taubaté.

Habeas corpus

Depois da última audiência, o defensor de Ricardo Vasconcelos, o advogado Ricardo Martins Teixeira entrou habeas corpus para o cliente. A Justiça negou o pedido.

O acusado está preso temporariamente desde agosto na P2, em Tremembé. Nove vítimas apresentaram acusações contra ele pelos crimes de extorsão, estelionato e tortura.

O caso

A investigação da polícia teve início depois que uma das mulheres, que conviveu um ano com o advogado, resolveu denunciar e procurar por outras vítimas.

Em depoimento dado em março do ano passado na Delegacia da Mulher, ele negou as acusações e diz que as desavenças com uma das vítimas teriam se originado em um empréstimo de R$ 30 mil que ele teria feito para ela.

A primeira tentativa de fazer a audiência de instrução, em dezembro do ano passado, foi frustrada por falta de escolta policial para levar o réu ao fórum.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 90 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal