Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

07/02/2013 - cidadeverde.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

TJ e OAB apuram fraude em que advogados usam senha de juíza

A Corregedoria do Tribunal de Justiça apura o caso, após denúncia; OAB divulga nota na tarde desta quinta-feira.

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Willian Guimarães, confirmou ao Cidadeverde.com que a Ordem apura suposta fraude em decisões judiciais em Barras ( cidade a 119 km de Teresina). Hoje, o Tribunal de Ética da OAB enviou ofício a juíza Zelvânia Márcia Barbosa Alves, titular do Juizado Especial, solicitando dados sobre o caso. Há informações não confirmadas da participação de advogados na expedição de sentença.

“Se houver a participação de advogados vamos abrir procedimentos e na medida em que forem confirmados a culpa as providências serão tomadas”, disse Willian Guimarães.

De acordo com a denúncia, profissionais estariam usando a senha da juíza para expedir sentenças favoráveis a seus clientes. Há informações de que a juíza não tinha conhecimento do golpe.

A Corregedoria do Tribunal de Justiça do Piauí já foi acionada hoje pela manhã. O corregedor Francisco Paes Landim garantiu que abrirá procedimento para investigar a denúncia.

Veja na íntegra nota da OAB:

“A OAB-PI tomou conhecimento nesta quinta-feira (07), através dos meios de comunicação locais, de que existiria um esquema montado no Juizado Especial de Barras, no qual profissionais estariam proferindo sentenças em processos virtuais por meio da utilização da senha da juíza responsável pelo órgão. A Ordem informa que o Tribunal de Ética e Disciplina irá apurar o fato e já encaminhou ofício à magistrada responsável pelo Juizado, bem como à Corregedoria Geral de Justiça do Piauí, solicitando maiores informações. Caso sejam constatadas falhas ou procedimento irregulares cometidos por advogados, a OAB-PI tomará todas as providências cabíveis a fim de extinguir tais práticas e responsabilizar os autores”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 92 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal