Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

07/02/2013 - R7 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia mostra como faz para identificar dinheiro e documentos falsificados

Aparelho detecta sinais de adulteração. Um microscópio também é utilizado.

Você sabe identificar dinheiro falsificado? Em alguns casos, não dá para perceber facilmente e, para isso, a polícia recorre a um equipamento para fazer este tipo de verificação. Um dos aparelhos usados é a caixa de luz, que também serve para comprovar falsificação de documentos, como carteira de identidade, de habilitação e CPF.

Por meio de raios luminosos e filtros, o aparelho é capaz de identificar algo que esteja escrito embaixo de uma rasura em um pedaço de papel, por exemplo.

Em um teste feito com uma carteira de identidade sem a assinatura, é possível detectar que assinatura foi apagada, truque bastante usado por falsários de documentos. Eles costumam também trocar a assinatura para trocar o titular do documento, no processo de falsificação.

Já em notas de dinheiro, é possível identificar, com o uso da caixa de luz, a falta de itens de segurança contidos nas cédulas, como as marcas d’água.

A perícia da Polícia Civil recebe, em média, por mês, 60 pedidos para verificação de autenticidade de documentos e de cédulas de dinheiro.

Outro equipamento utilizado é o microscópio estéril, que permite verificar a qualidade da impressão de cédulas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 122 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal