Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/02/2013 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista dava sedativo para idosos

Por: Adilson Rosa

Mulher oferecia doces misturados com diazepam às vítimas e depois roubava a carteira e o cartão de banco delas.

A prisão da golpista Maria Tereza de Melo, de 33 anos, levou a Polícia até a principal suspeita de aplicar o golpe conhecido como “boa noite cinderela” em aposentados na cidade de Rondonópolis (a 212 quilômetros da Capital). Ela relatou aos policiais que colocava o sedativo diazepam em balas doces e oferecia aos aposentados. Quando eles começavam a passar mal, ela fingia que ia ajudar e roubava a carteira das vítimas. Quando o aposentado deixava a senha no cartão, também a mulher também fazia saques. A prisão ocorreu na tarde desta segunda-feira, após a filha de uma das vítimas a reconhecer na fila do banco, em busca de outras vítimas.

Segundo os policiais, até agora já são mais de cinco vítimas e o golpe era aplicado sempre da mesma forma. Uma das vítimas, um aposentado de 74 anos, disse aos policiais que além de ter um prejuízo de R$ 1 mil, a golpista ainda levou o cartão de saque retirando mais R$ 500. O aposentado foi socorrido por policiais e levado à casa de um irmão.

Os policiais explicaram que, a partir daí, a filha da vítima esteve na agência e através das imagens do circuito interno identificou a mulher.

Ao verificar na fila, identificou a golpista, que foi presa por policiais acionados pela filha do aposentado. De lá, ela foi levada para a Delegacia e autuada por estelionato.

Policiais disseram que as vítimas deverão procurar o Cisc de Rondonópolis para registrar queixa. Com isso, é possível que a suspeita fique mais tempo presa, já que o crime de estelionato é considerado de menor poder ofensivo.

Aos policiais, a vendedora disse que veio recentemente do Maranhão e explicou como aplicava o golpe. O nome “boa noite cinderela” é conhecido dos policiais porque era aplicado em frequentadores de boates, que uma vez adormecidos pelos golpistas, acordavam com a casa sem os principais pertences.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 130 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal