Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/02/2013 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bando aplicava golpes com cartões adicionais

Por: Adriane Mendes

Somente na última semana, a quadrilha lucrou R$ 41 mil em saques.

Uma quadrilha que aplicava golpes a partir de cartões bancários adicionais obtidos ilicitamente, foi presa ontem pela manhã em Salto, após um mês de investigações iniciadas pelo Centro de Inteligência Policial (CIP) da Delegacia Seccional de Sorocaba. Embora não se saiba o quanto a quadrilha lucrou, somente na última semana os integrantes haviam usufruído de R$ 41 mil entre saques e compras.

De acordo com o delegado Luciano Carneiro de Paiva, o bando era formado por dois homens de Americana e outros dois de Salto, e segundo o que foi apurado pelas investigações iniciadas pelo Grupo Antissequestro (GAS) de Sorocaba, por meio dos cadastros dos seus clientes, o comerciante Gilberto Bernardo Cardoso, 40 anos, de Americana, tinha acesso às informações bancárias e com isso ligava na instituição bancária e pedia cartões adicionais, cujos endereços de entrega eram sempre em Salto. Em Americana, Gilberto contava com a ajuda do autônomo Rafael Lima de Aguino, de 25 anos.

Ontem, os policiais civis de Sorocaba, com apoio dos investigadores de Salto, chegaram até o bairro Maria José, onde prenderam Ademir José da Silva e Breno Luís Hattori, de 28 anos, ambos moradores em Salto. Detidos, e já com o crime admitido, a dupla saltense entrou em contato com os comparsas de Americana a fim de entregar novos cartões de crédito. Na chegada, Gilberto e Rafael também foram presos. Para tentar escapar da prisão, Gilberto chegou a oferecer R$ 20 mil aos policiais, e por isso responderá também por corrupção. Ele já tinha duas passagens criminais por estelionato.

De acordo com o delegado de Salto, que realizou o flagrante, a quadrilha pedia os cartões adicionais sempre num mesmo banco, e a denúncia chegou à polícia pela matriz de São Paulo, que começou a receber reclamações dos correntistas no mesmo período em que as investigações se iniciaram. Isso faz com que a polícia acredite que a ação do bando não tenha tido vida longa. Os quatro homens foram presos e encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP), no bairro da Aparecidinha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 233 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal