Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/01/2013 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Site de namoradas falsas quer expansão internacional até 2014

Por: Ismael Cardoso


Tudo começou como uma brincadeira. Para ajudar um amigo que tinha acabado de terminar um namoro, o desenvolvedor de sites Flávio Estevam, 32 anos, criou um perfil falso no Facebook para deixar a ex-namorada com ciúmes. A tática deu resultado e a ideia virou negócio: a ex do amigo se sentiu ameaçada pela "nova namorada" e inspirou o site Namoro Fake. O 'serviço' com menos de 30 dias no ar já tem mais clientes que perfis falsos pra vender, coloca usuários em fila de espera e tem um objetivo ambicioso: começar a operar fora do Brasil até 2014.

O funcionamento do site é simples: o site "aluga" perfis falsos de mulheres, que enviam mensagens e fazem com que os amigos dos usuários na rede social acreditem que ele está namorando. O site oferece quatro planos de assinatura, que vão desde uma ficante (um relacionamento de duração de três dias, com o envio de três mensagens) até uma namorada virtual (em que o namoro dura 30 dias, com a troca de 30 mensagens e o direito de mudar o status de relacionamento para "em um relacionamento sério com ..."). Os preços variam de R$ 10 a R$ 99.

Os perfis falsos, na verdade, são administrados por mulheres reais que aceitaram usar seus perfis na rede para enviar mensagens a quem compra o serviço, tudo no mais absoluto sigilo, para não expor nem as mulheres, nem os clientes. O site começou com cinco opções de perfis - que só são liberados para o usuário depois do pagamento - mas já não dão mais conta da procura. "Começamos a contratar perfis de mulheres, e estamos fazendo um processo de seleção de namoradas virtuais", afirmou o criador do site em entrevista ao Terra. "Já temos fila de espera", orgulha-se.

Cada perfil do serviço só tem um "namorado" por vez. Segundo Estevam, o cuidado com o sigilo é o mais importante no Namoro Fake. "Os usuários só têm acesso à foto da mulher para escolher qual perfil querem como namoradas. Só depois disso é que são adicionados", conta. Cada "namorada" recebe 50% do valor pago pelo cliente para mandar as mensagens - que são escolhidas por quem contratou o serviço. A quantidade e o tempo dependem do plano contratado.

Estevam reforça que a única relação entre cliente e "namorada" são as mensagens. "Nenhum outro serviço é realizado", diz. Ele não revela maiores detalhes sobre a logística do serviço, nem números da procura pelo aluguel de namoradas, mas afirma que não esperava a explosão tão rápida dos usuários.

O sucesso faz o criador pensar grande: até a metade do ano, quer ampliar o serviço para oferecer "namorados falsos" para mulheres que queiram aumentar a autoestima ou deixar um ex-namorado com ciúmes. Mais para frente, a ideia é oferecer o mesmo serviço também para o público gay.O sucesso repentino do site fez com que Estevam - que já administrava uma empresa de desenvolvimento de sites - começasse a receber proposta de investimento, que estão sendo analisadas. "A gente quer expandir o site para outros países internacionalmente até 2014", conta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 85 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal