Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/01/2013 - PT Jornal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais de 100 queixas na Deco por fraude em empréstimos online

Por: Álvaro Cerqueira


A associação de defesa do consumidor denuncia fraude em empréstimos vendidos pela Internet. A Deco revela que há empresas que oferecem créditos sem terem financiamento e que exigem pagamentos de comissões por antecipação. O crédito é aprovado, mas o consumidor nunca é contactado.

A Deco lança o alerta para uma alegada fraude na concessão de créditos, vendidos através da Internet. Segundo denuncia a associação de defesa do consumidor, há empresas que operam no mercado online que estão a propor empréstimos a clientes, sendo que exigem o pagamento de comissões logo no primeiro passo da venda: o preenchimento dos impressos.

Segundo denuncia a Deco, através de uma notícia divulgada no Correio da Manhã, estas empresas que oferecem créditos não têm assegurado, sequer, o financiamento para o empréstimo que estão a vender.

Trata-se de uma “fraude”, cujas vítimas são consumidores que compram créditos por via online. Essas empresas exigem uma entrada, supostamente para suportar despesas administrativas, antes de aprovarem os créditos, ou de terem assegurado o capital.

Depois deste procedimento, todos os consumidores recebem a informação de que o seu pedido de crédito se encontra aprovado, explica a Deco. Só que o passo seguinte não é dado e os consumidores nunca são contactados e acabam por perder o dinheiro que pagaram para aquelas comissões.

Existem nos gabinetes da Deco mais de cem queixas apresentadas por pessoas que caíram neste conto do vigário. As empresas vendem os produtos através de anúncios, sendo que também propõem a figura do consultor financeiro, que surge com a finalidade de tratar da renegociação de contratos já assinados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 77 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal