Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

30/01/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso em blitz suspeito de falsificar CNH em São Cristóvão, SE

Ele conduzia veículo com placas de São Paulo e foi abordado na BR 101. Motorista foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal, em Aracaju.

Nesta terça-feira (29), um homem de 50 anos, foi preso durante uma blitz na BR 101 na cidade de São Cristóvão (SE), por suspeita de falsificação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os agentes faziam o trabalho de ronda quando deram ordem de parada a um veículo Renault/Master, com placas de São Paulo, e solicitaram ao condutor que apresentasse a documentação.

Durante a abordagem, os policiais constataram que a CNH apresentava sinais visíveis de inautenticidade. Ocondutor foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Federal, em Aracaju.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 108 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal