Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

31/01/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende suspeitos de falsificar documentos em Belém

Dupla fraudava para conseguir empréstimos em nome de outras pessoas. Eles foram presos ao tentar aplicar golpe pela segunda vez.

A Polícia Civil prendeu na última quarta-feira (30), em Belém, dois homens suspeitos de envolvimento com falsificação de documentos. Um deles teria sido reconhecido por uma testemunha como responsável por tentar conseguir empréstimos consignados com documentos que estariam no nome de outras pessoas.

Os suspeitos, de 56 e 24 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica, tentativa de estelionato e falsificação de documento público. Com eles, a polícia encontrou carteiras de identidade em branco, documentos bancários e do INSS, todos em nome de outras pessoas.

“Eles [suspeitos] atuam através de documentos que as pessoas perdem, muitas vezes são furtados e roubados. De posse desses documentos, eles assumem a identidade da pessoa”, explica o delegado Neivaldo Silva.

De acordo com a polícia, o golpe ainda seria aplicado em uma empresa de correspondente bancário localizada em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. A proprietária da agência, que preferiu não de identificar, conta que a dupla solicitou empréstimo consignado no valor de R$ 9 mil, mas não chegou a concluir o empréstimo, porque um dos suspeitos foi reconhecido. Ele já teria tentado praticar o mesmo golpe em outra agência da empresa.

“Em agosto do ano passado [2012], esse mesmo cidadão esteve em uma outra loja nossa e tentou aplicar o golpe já com outro nome, porém, ele não retornou para saber da posição. Deve ter percebido que nós detectamos a fraude e por isso, ele não voltou e não foi preso. Hoje, ele voltou e nós conseguimos acionar a polícia,”, relata a empresária.

O próximo passo das investigações da polícia é descobrir como o suspeito conseguiu abrir uma conta bancária e ter acesso aos documentos do INSS. “Nós vamos consultar o Ministério do Trabalho sobre a expedição dessa carteira de trabalho, que é falsa, e consultaremos também a agência bancária sobre a abertura da conta e tudo isso irá instruir o procedimento policial, que em seguida será encaminhado para a Justiça”, afirma o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 115 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal