Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

26/01/2013 - Correio do Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia captura três golpistas em Campo Grande

Por: Taryne Zottino

Eles agiam desde outubro do ano passado.

Dois homens e uma mulher foram capturados ontem (25) pela polícia em um hotel na região central de Campo Grande (MS). Eles confessaram fazer parte de uma quadrilha especializada em aplicar golpes do "bilhete premiado" e que agia desde outubro do ano passado. De acordo com o boletim de ocorrênciam, através das características físicas e da informação de que os golpistas eram de Rio Claro (SP), os policiais chegaram até Carlos Albertos Messias de Lima, 45, Suzana Almeida Rodrigues, 31 anos e Henrique Rafael de Oliveira, de 29 anos.

Com o trio, a polícia encontrou e apreendeu jogos de loteria da Quina com numeração "premiada" e com o "resultado" conferido, além de outros jogos, blocos de recibo em branco e um pacote de panfletos de propaganda com uma das faces simulando notas de cem reais. Um quarto integrante já foi identificado, mas informações dão conta de que estaria em Rio Claro, onde funciona a base da quadrilha.

Ação

Em grupos de três ou quatro pessoas, eles abordavam as vítimas perto de agências bancárias e cada um tinha uma função definida. Simulavam que possuíam jogos de loteria esportiva premiados e, se dizendo pessoas não informadas, pediam ajuda à vítima. Depois, aparecia um outro golpista se dispondo a ajudar. Eles simulavam estar com grande soma em dinheiro ou jóias e até entregavam dinheiro para vítima como garantia. Assim que conquistavam a confiança da pessoa, o grupo fazia com que ela sacasse dinheiro de sua conta. Em algumas situações, a vítima chegava a levar os golpistas até sua residência e entregava pertences de grande valor econômico, inclusive jóias em ouro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal