Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

28/12/2012 - odiario.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

UEL mantém demissão de 24 servidores que usaram diplomas falsos em Londrina

Por: Pauline Almeida


O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Londrina (UEL) manteve a demissão de 24 servidores acusados do uso de diplomas falsos para obtenção de vantagens na carreira. A defesa dos profissionais havia pedido reconsideração da decisão, que foi negada no último dia 14 de dezembro.

Os advogados dos servidores já ajuizaram uma ação na Justiça para impedir o desligamento, alegando que a pena foi drástica, já que a comissão processante que investigou o caso havia recomendado apenas a suspensão por 90 dias para a maioria dos envolvidos. Já a reitora da UEL, Nádina Moreno, acredita que a demissão era a decisão correta a se tomar diante da gravidade do fato.

"Eu poderia, estatutariamente e regimentalmente falando, aceitar a pena da comissão, majorar ou pedir nova diligência. Eu analisei tudo, passei pelo nosso jurídico e considerando o fato extremamente grave, porque são pessoas que compraram certificados sem nunca terem frequentado uma sala de aula, sem nunca terem feito uma prova, usaram um documento para subir na carreira", declarou.

Segundo a reitora, os servidores tiveram ampla possibilidade de defesa, mas o Conselho Universitário optou pela demissão. "Uma pessoa independente de ser humilde ou não, do grau de instrução ou poder aquisitivo sabe o que é certo e errado. Para mim houve má-fé, não no entendimento jurídico, mas das pessoas terem subido rapidamente na carreira sem nunca terem ficado no banco de escola", defendeu.

Defesa

O advogado Mauro Yamamoto, que defende 19 dos 24 servidores, afirmou que já entrou na Justiça para impedir a demissão e só aguarda o início da tramitação com o fim do recesso do judiciário. "A punição extrapola o que está previsto no próprio regimento da UEL, o que está previsto na lei dos servidores públicos do Estado do Paraná", afirmou.

Segundo Yamamoto, os trabalhadores não tiveram má-fé, mas foram enganados por uma quadrilha que falsifica diplomas e alguns deles não teriam recebido benefício pela apresentação do documento ilegal. O advogado também questiona o fato da decisão do Conselho Universitário ter sido tomada com membros que já deveriam ter encerrado seus mandatos.

"A reitora foi prorrogar o mandato de alguns conselheiros para que eles pudessem manter a mesma decisão da reunião anterior, o que não tem qualquer previsão regimental", colocou. A reitora contesta a afirmação e informa que manteve os conselheiros com autorização legal e inclusive para assegurar pessoas que estivessem a par de toda a investigação.

A UEL já enviou ao governo do Estado a decisão e aguarda a publicação no Diário Oficial do Estado para oficializar o desligamento, o que deve demorar cerca de dois meses. Enquanto isso, os servidores continuam trabalhando e recebendo seus salários normalmente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 208 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal