Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

28/12/2012 - TI Inside Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Justiça dos EUA investiga fraude fiscal em subsidiária da HP


O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ, na sigla em inglês) iniciou uma investigação na Autonomy, desenvolvedora britânica de software adquirida pela HP por US$ 10,2 bilhões, no ano passado, por suspeita de fraude fiscal. O inquérito foi confirmado em documento protocolado pela fabricante na Securities and Exchange Commision (SEC), órgão regulador do mercado de capitais dos Estados Unidos.

“Como resultado das descobertas de uma investigação em curso, a HP forneceu informações ao Escritórios de Fraudes Graves do Reino Unido, ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos e à SEC relacionadas a impropriedades contábeis, falhas em relatórios e erros na Autonomy, ocorridos antes e durante a compra da companhia pela HP. No dia 21 de novembro, membros do DOJ alertaram a HP sobre a abertura de uma investigação relacionada à Autonomy”, diz o documento. Segundo a companhia, os executivos estão cooperando com os trabalhos das autoridades das três agências.

O cofundador e ex-CEO da Autonomy, Mike Lynch, voltou a rebater as acusações de que teria ocultado dados financeiros antes de ser comprada. Ele mantém a versão de que foi forçado a aceitar uma depreciação de US$ 5 bilhões imposta pela HP, enquanto esta alega que o prejuízo nesse valor foi causado por erros contábeis quando ela comandava a empresa. “É extremamente decepcionante que a HP falhou novamente em dar detalhes do cálculo de US$ 5 bilhões depreciados da Autonomy, ou em publicar qualquer explicação sobre as sérias alegações que fez contra a direção anterior no documento anual protocolado”, diz o comunicado divulgado pelo executivo.

Apenas oito meses após a finalização da compra, Lynch foi demitido pela CEO da HP, Meg Whitman, em razão das vendas decepcionantes da unidade. Lynch insistiu que “não entende o porquê” de a HP estar levantando essas questões agora que a Autonomy se reporta diretamente à equipe financeira da empresa. Os documentos foram publicados pelo site TechCrunch.

A HP encerrou o ano fiscal 2012 com prejuízo de US$ 12,6 bilhões e planeja demissões na Autonomy.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal