Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

27/12/2012 - 180 Graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Piauí é destaque no ranking da corrupção investigada pela PF


O Piauí fecha 2012 ocupando uma posição nada lisonjeira no ranking da moralidade pública: é o quarto Estado brasileiro em número de inquéritos contra prefeitos e ex-prefeitos instaurados pela Polícia Federal. Os gestores e ex-gestores são investigados pela prática de corrupção com manejo do dinheiro público.

Em todo o país, a Polícia Federal conduz 3.167 inquéritos sobre desvios de recursos e corrupção envolvendo prefeituras. No Piauí, existem 285 inquéritos contra prefeitos e ex-prefeitos. Nessa corrida para cima do cofre público, o primeiro colocado é o Maranhão, com 644 inquéritos, seguido da Bahia, com 490 inquéritos; e do Ceará, com 296 inquéritos.

Os dados constam de levantamento realizado pela Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado da PF. Além de prefeitos e ex-prefeitos, os inquéritos envolvem secretários e servidores municipais e pessoas que ocupam cargos comissionados.
No Piauí, mais da metade dos mais de 1.200 inquéritos em tramitação na Polícia Federal cuidam de investigações de crimes na gestão pública - fraudes em licitações, desvios de recursos públicos, uso de notas fiscais frias, entre outros.

Entre os gestores e ex-gestores investigados pela Polícia Federal no Estado, estão os sete prefeitos e dois ex-prefeitos presos na Operação Geleira, deflagrada em janeiro do ano passado, para apurar desvios de R$ 20 milhões da saúde e da educação, através de notas fiscais falsas.

Os acusados passaram cinco dias presos. Entre os prefeitos que foram presos está o de Uruçuí, Valdir Soares (PT), que já foi afastado do cargo mais de dez vezes nos últimos dois anos, acusado de improbidade e outras irregularidades administrativas. 
Não é à toa que em dezenas de municípios a situação é de caos, na troca de comando dos gestores, em função das dívidas acumuladas, da paralisação de serviços públicos e do abandono das cidades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal