Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

19/11/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Em GO, jovem é preso tentando se passar por candidato em vestibular

Fraude foi em universidade particular de Anápolis para o curso de medicina. Instituição informou que exame não será cancelado; caso será investigado.

Um jovem de 26 anos foi preso, segundo a polícia, tentando se passar por um candidato ao curso de medicina de uma universidade particular em Anápolis, a 55 km de Goiânia, durante o vestibular da instituição, no domingo (18).

De acordo com a polícia, ele havia mudado a foto da carteira de identidade, mas a falsificação foi tão grosseira que a digital não foi alterada. “Solicitei a carteira de identidade e confirmei tanto a falsificação do documento quanto a da impressão digital que no confronto não era a mesma da identidade original”, explica a gerente do Instituto de Identificação Ana Bia Batista.

De acordo com a polícia, o jovem ao perceber a presença dos agentes do instituto, começou a passar mal e pediu atendimento médico e no ambulatório da universidade foi identificada a fraude.
O jovem foi levado para a delegacia regional de Anápolis e autuado em flagrante por uso de documento falso.

“No momento que foi feita a fiscalização na prova foi solicitado que ele apresentasse o documento e ele apresentou um falso. Então, ele fez uso deste documento e uso é a mesma pena da falsificação. Ela vai de dois a seis anos e multa”, diz o delegado Sammer Agi.

A suspeita, segundo a polícia, é que o verdadeiro candidato tenha pagado ao suspeito para fazer a prova no lugar dele. O caso será investigado pela Polícia Civil. A assessoria de imprensa da universidade informou ao G1, na manhã desta segunda-feira (19), que o exame correrá normalmente, visto que o suspeito não chegou a realizar a prova, por isso, segundo a instituição, sem prejuízo para o vestibular.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 91 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal