Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

26/11/2012 - Oloares Ferreira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Psicóloga aposentada é vítima do "estelionatário do amor"


Era pra ser um recomeço, mas o sonho de encontrar uma companhia se transformou em dor de cabeça, decepção e um prejuízo estimado em R$ 50 mil. Essa é a história de uma psicóloga aposentada de 55 anos, que foi vítima do golpe conhecido como estelionato do amor. “O pior é que estou endividada, sendo cobrada por empresas e envergonhada por ter caído nesse golpe”, afirma a mulher, que é divorciada e conhecer o que seria o homem dos sonhos através de um site de relacionamento.
De acordo com a psicóloga ela conheceu José Barbosa Júnior, de 53 anos, através da internet. Isso foi há dois anos e meio. Foram vários meses de telefonemas e trocas de mensagens até que um ano depois eles se conheceram pessoalmente. “Ele parecia ser o homem perfeito: educado, gentil, dava presentes caros e era muito inteligente e culto. Realmente um homem acima de qualquer suspeita”, ressalta a psicóloga.
Oito meses depois do início do namoro, que incluía encontros frequentes em Goiás e Minas Gerais, o casal decidiu abrir um negócio na cidade de Bom Despacho, região metropolitana de Belo Horizonte. “Ele me falava que havia quebrado e estava disposto a recomeçar a vida ao meu lado. Ele dizia ser agente de uma empresa de marcas e patentes e como sou psicóloga iria trabalhar com Recursos Humanos. Comprei alguns materiais e emprestei vários cheques para que ele comprasse móveis e alugasse o prédio. Ele me mandava fotos de tudo que comprava, realmente ganhou minha confiança”, acrescenta a aposentada, que prefere não ser identificada para evitar constrangimentos.
A psicóloga diz que José Barbosa Júnior, o golpista do amor, sempre pagava o dinheiro que pegava emprestado. Em agosto, no entanto, ele teria que efetuar um depósito no valor de R$ 8 mil na conta da psicóloga, mas isso não aconteceu. “Ele me ligou dizendo que havia feito o depósito. Quando fui olhar na conta não tinha nada. Tentei falar com ele e nada, ele não atendeu mais. Foi aí que descobri que tinha caído em um golpe”, relata a psicóloga que iria se mudar para Minas Gerais para morar com José Barbosa Júnior.
Revoltada a psicóloga diz que viajar para Minas Gerais para tentar localizar o namorado, mas não encontrou nada. José Barbosa tinha vendido tudo que seria usado no escritório do casal e desaparecido. Fugiu levando até o carro que ela tinha locado em Goiânia. Esse carro está bloqueado na polícia, mas ainda não foi localizado. “Como o aluguel foi feito no meu nome, vou ter que pagar esse veículo”, afirma a psicóloga.
Ao investigar o passado de José Barbosa Júnior a psicóloga descobriu que ele é foragido da Justiça de Minas Gerais e já aplicou golpes na Bahia, Mato Grosso, Goiás e em São Paulo. A psicóloga registrou ocorrência em Minas Gerais e em Goiás, mas até agora a polícia não tem pistas do paradeiro do golpista.
Depois dessa experiência ela dá uma dica, principalmente para as mulheres. “Antes de se envolver com alguém pela internet, faça uma pesquisa para saber com quem vai se relacionar. É preciso ficar atenta para não cair nesse golpe”, conclui a psicóloga que ainda tem esperança de ver o golpista na cadeia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 158 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal