Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

20/11/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Anvisa demite gerente-geral que denunciou fraude em autorizações

Segundo ele, produtos agrotóxicos não passaram pela necessária avaliação toxicológica para receber o registro do Ministério da Agricultura. Ex-gerente disse que sua assinatura foi falsificada e que processos irregulares sumiram.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) demitiu o gerente-geral de toxicologia que tinha denunciado fraude na autorização de venda de seis agrotóxicos.

Foi por meio de uma nota, publicada em uma rede social, que Luiz Cláudio Meirelles contou o que aconteceu. Segundo ele, os produtos agrotóxicos não passaram pela necessária avaliação toxicológica para receber o registro do Ministério da Agricultura. O ex-gerente disse que a assinatura dele foi falsificada e que os processos em situação irregular desapareceram.

O ex-gerente diz que, em agosto, assim que detectou as irregularidades, pediu que o Ministério da Agricultura suspendesse os registros. Nenhum produto está no mercado. Ele conta que também comunicou o caso, três meses atrás, à direção da agência e pediu a demissão do gerente responsável pelas liberações indevidas.

Meirelles, pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz e que estava há quase 13 anos cedido à Anvisa, foi surpreendido com sua própria demissão, na semana passada.

“Cumpri todos os ritos e toda a hierarquia da casa pensando na preservação da equipe e da instituição, por conta da credibilidade que nós temos hoje em relação à avaliação toxicológica de agrotóxicos do Brasil, e fui exonerado do cargo”, disse o ex-gerente de toxicologia da Anvisa.

Em nota, a Anvisa considerou as denúncias "extremamente graves" e disse que encaminhou o caso à corregedoria da agência e, nessa segunda(19), à Polícia Federal. Também confirmou a demissão dos dois gerentes: o acusado das irregularidades e de Luiz Meirelles, por considerar que ele "tinha elementos que permitiam identificar e evitar os fatos há mais tempo, já que foi gerente-geral por doze anos".

A Anvisa também informou que vai auditar todos os informes de avaliação toxicológica concedidos desde 2008. Isso se refere à cerca de 120 produtos. Se for detectada alguma irregularidade, serão tomadas as devidas providências.

O ex-gerente responsável pelas liberações suspeitas é Ricardo Augusto Veloso. Ele não foi encontrado para comentar as denúncias. O Ministério Público também está investigando o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 69 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal