Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

16/07/2012 - Midiamax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Garras prende golpistas da 'Gangue das Morenas' em Campo Grande

Por: Graziela Rezende


Um golpe bem planejado, passível de enganar a qualquer desavisado que entra em uma agência bancária e fica nervoso ao ver o seu cartão de débito ou crédito preso no equipamento de auto-atendimento do Banco do Brasil. Prova disso são as sete vítimas já registradas em Campo Grande neste ano, sendo que somente uma delas contabiliza o prejuízo de R$ 140 mil.

Durante as investigações, o delegado Márcio Shiro Obara descobriu detalhes do golpe das integrantes da “Gangue das Morenas” e agora, em investigação conjunta com a polícia paulista, busca prender as comparsas de Thais Cordeiro Camacho, 19 anos e Elilhandra Balbino, 25 anos.

Vindas da cidade de Osasco (SP), elas identificavam as agências do Banco do Brasil com maior movimentação e de preferência sem câmeras internas, para aplicar o golpe às sextas-feiras e aos domingos.

A dupla chegou a Campo Grande na última sexta-feira (13) e se hospedou em um hotel simples, para não chamar a atenção. Após monitorar uma agência na avenida Mato Grosso e instalar o “chupa-cabra” (equipamento que clona cartões de crédito), elas aguardaram a chegada da vítima.

Na ocasião, por volta das 11h30, um senhor de 59 anos foi realizar uma transação bancária e teve o seu cartão retido. “Neste momento, muito solicita, uma delas finge ajudar e, ao invés de retirar o cartão, ela o empurra ‘mais para dentro’. Aí ela abre a bolsa e pega um folder do Banco do Brasil dizendo que a vítima precisa ligar para um telefone 0800 de auto-atendimento”, conta o delegado.

O folder realmente é do banco, mas a última folha foi alterada com a colagem de um adesivo (aliás, quase imperceptível a olho nu), constando um número 0800 falso e outro, com o número delas, já contendo o DDD e o prefixo de São Paulo (exemplo: 04111...).

”É o momento em que a golpista, mais solícita ainda, diz que vai discar o número do seu próprio celular. Ela entrega o celular para a pessoa conversar com a suposta atendente do Banco do Brasil. A partir daí, nas proximidades, está a outra comparsa que identifica o número da chamada e atende a ligação. Ela exige senha e números da conta, que são repassados pela vítima”, conta o delegado.

Ao finalizar a ligação a atendente diz que o processo de cancelamento do cartão foi concluído e a pessoa vai embora. A golpista também finge ir embora do banco, mas volta logo depois para retirar o cartão da vítima, preso no “chupa-cabras”.

”Com o cartão do banco e as senhas em mãos, as golpistas compram passagens aéreas para voltar para o interior paulista e gastar o dinheiro, até o próximo final de semana quando elas voltam para as Capitais do país e aplicam mais golpes”, explica o delegado.

Policiais da Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) prenderam em flagrante as mulheres por volta das 13h de sexta-feira (13). No hotel onde elas estavam, também foram apreendidos cinco equipamentos “chupa-cabras”, dois celulares e diversos folders adulterados do Banco do Brasil.

Em depoimento, o delegado diz que elas negam qualquer crime. Sem antecedentes criminais, elas vão responder por tentativa de furto, mas também poderão ser indiciadas por estelionato e formação de quadrilha, por conta das outras vítimas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 95 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal