Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/04/2006 - Jornal O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presas 5 garotas de programa depois de aplicar golpe


Perseguidas pela Polícia na Capital, cinco garotas de programa decidiram aplicar o golpe Boa Noite Cinderela - que consiste em colocar comprimidos entorpecentes (Rivotril ou Rohypnol) na bebida das vítimas - no interior do Estado. O alvo da ação delas passou a ser a praia de Canoa Quebrada, em Aracati, localizada a 170 quilômetros de Fortaleza, que durante o ano todo é freqüentada por turistas, principalmente estrangeiros. Mas para a infelicidade do grupo, logo na primeira ação, que abordou um grupo de turistas alemães, o golpe acabou sendo descoberto e, em seguida, todas as cinco foram presas. Além do grupo alemão, pelo menos uma delas foi reconhecida por ter feito um programa sexual e deixado dopado um italiano, também em Canoa Quebrada.

Quatro das cinco mulheres foram presas em Fortaleza por causa de um mandado de prisão preventiva decretado pelo juiz da 2ª vara de Aracati, Joaquim Vieira Cavalcante Neto. Maria Benedita Vieira, a Katiucha, 38, Emanuelle Félix dos Santos, 18, Maria do Carmo Furtado Teixeira, 26, e Daysiane Carvalho da Silva, 19, foram presas no Caça e Pesca e conduzidas para a Delegacia de Apoio ao Turista (DAT), na Praia de Iracema, em Fortaleza. A quinta garota presa é Daniele de Souza, 21, que está recolhida na cadeia pública de Aracati. Daniele havia sido presa em flagrante há uma semana em Canoa Quebrada.

A delegada Adriana Arruda, titular da DAT, disse que todas elas já têm passagem pela delegacia por causa de golpes semelhantes na Capital. "Na verdade, elas disseram em depoimento terem ido para Canoa Quebrada por causa do policiamento em pontos considerados de grande incidência do golpe Boa Noite Cinderela. Constantemente fazemos batidas em bares e restaurantes freqüentados por turistas na Praia de Iracema, Varjota, Beira Mar e na Praia do Futuro. Isso fez com que elas procurassem outros locais para aplicar o golpe", disse a delegada.

Conforme Adriana Arruda, pelo menos duas das acusadas já respondem a processo na Justiça: Katiucha, que estava em regime aberto, e Daysiane, que aguarda julgamento em liberdade. As duas já foram levadas para a Delegacia de Capturas, onde aguardam vaga para serem deslocadas para o Presídio Feminino Desembargadora Auri Moura Costa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 653 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal