Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/10/2007 - A Notícia Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Número de cheques devolvidos em MT é menor que a média nacional


É cada vez menor o número de clientes que usam talão de cheques. A grande maioria prefere usar cartão de crédito, seja por segurança ou pela menor possibilidade de fraude. Segundo um levantamento feito com consumidores que ainda compram com cheque, encomendado por uma empresa do setor, a inadimplência com cheques em Mato Grosso é a menor do país, apenas 0,15 %. É menor que o índice de cheques devolvidos no resto do país (2, 74%). De acordo com o vice-presidente da Fecomércio, Hermes Martins, a situação no campo vem melhorando e isso reflete nos grandes centros.

A baixíssima inadimplência registrada pela pesquisa não corresponde à contabilidade de uma joalheria de Cuiabá. A gerente da loja, Cristiane Saldanha, afirma que o problema ainda existe. "Cerca de 15 a 20%", estima.

A vendedora Bianca Júlio, que trabalha em uma loja de roupas num shopping de Cuiabá, confirma que apenas uma em cada dez compras é paga com cheque. "Aqui tem que ter aquela consulta rigorosa. Por isso os clientes preferem pagar com cartão", afirma.

Para especialistas, os números podem variar de setor para setor do comércio. O que não deve mudar é a tendência de extinção do cheque. Hermes Martins acredita que isso significa uma tranquilidade para o comerciante. "Ele pode contar com aquela venda que efetuou. Mesmo que seja a prazo, pelo menos, vai ter a segurança que no determinado dia em que foi feito o compromisso para pagamento o cliente vai honrar", conclui o vice-presidente da Fecomércio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 327 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal