Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

14/12/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP ajuíza ação contra envolvidos em fraude de radares em Erechim, RS

Na quinta-feira (13), foi pedido o afastamento do secretário da Segurança. Secretário diz que caso estava arquivado e que não houve prejuízos.

O Ministério Público ajuizou na quinta-feira (13) uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra a empresa Eliseu Kopp Cia & Ltda, o município de Erechim, e os secretários municipais da Segurança Pública, Décio Vicelli, e Administração, Gerson Leandro Berti. A ação, assinada pelo promotor de Justiça Cassiano Marquardt Corleta, pede, liminarmente, o afastamento de Décio Vicelli do cargo. Também pede que o município se abstenha de fazer pagamento de qualquer dívida decorrente do contrato com a empresa e que a Eliseu Kopp fique proibida de contratar com o Poder Público.

Segundo a promotoria, a licitação para instalar e gerenciar controladores de velocidade, em 2011, foi feita para favorecer uma empresa. O contrato foi suspenso após veiculação de reportagem sobre a suspeita de fraude, em março de 2011.

Alguns equipamentos já haviam sido instalados na cidade. De acordo com a denúncia, um dos anexos do edital foi uma cópia dos manuais dos equipamentos da empresa. Ainda de acordo com o promotor, a proposta de colocar limites de velocidade baixos visaria o aumento da arrecadação. O contrato, de R$ 18 milhões, teria sido calculado com base no potencial de arrecadação com as multas.

A procuradoria da prefeitura, a advogada do ex-secretário e o secretário de Segurança Pública de Erechim informaram que só irão se manifestar após tomar conhecimento da ação. Décio Vicelli ressaltou que o caso havia sido arquivado e que não houve, segundo ele, prejuízos a administração. A empresa Kopp não divulgou posição sobre o assunto.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 210 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal