Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

12/12/2012 - Jornal A Cidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil aponta golpe de falso John Lenon

Por: Jucimara de Pauda

Homem criou nome para enganar empresários de Ribeirão.

A Polícia Civil procura um homem acusado de dar pelo menos quatro golpes em empresas de Ribeirão Preto. Ele se chama Onilton José da Silva, mas usava nos documentos falsos o nome de John Lenon Bueno Cerqueira, inspirado no ex-Beatle - o original é John Lennon. O suspeito já foi reconhecido por quatro vítimas, mas o número de pessoas lesadas pelo falsificador de documentos pode ser maior.

"Ele montava documentos frios, com a foto dele, mas com os dados de outras pessoas. Ele ia nos lugares, fazia compras e alugavas imóveis", diz o delegado Samuel Zanferdini, do 6º Distrito Policial, que investiga o caso.

"Até agora quatro vítimas já o identificaram, mas ele pode ter dado golpe em outras pessoas", diz o delegado.

Os documentos originais dele, como a carteira de trabalho e o RG, estão com o delegado que aguarda que o suspeito se apresente na delegacia para ser indiciado por estelionato.

Uma das vítimas do estelionatário é o empresário Leandro Ribeiro que alugou para o suspeito um jogo de mesas para uma festa. O aluguel custou R$ 150, mas os objetos alugados não foram devolvidos e o prejuízo dele chega a R$ 4 mil. Ele reconheceu a foto de "John Lennon" no 6º DP.

"No dia que eu entreguei as mesas para a festa na chácara eles estavam em dois. O que alugou e o outro que fingia acender uma churrasqueira, mas depois fiquei sabendo que a festa nunca aconteceu", diz Leandro.

Ele comenta que os donos da chopeira e da chácara também foram enganados. "Ele é uma pessoa comum, que conversa direito. Não dá para desconfiar dele."

Ele também comprou o carro de uma mulher por R$ 10 mil e não pagou. A vítima também alugava para ele uma casa e ficou sem receber o aluguel e o pagamento do veículo, que foi recuperado após ser usado para a prática de um roubo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 139 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal