Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

06/12/2012 - Folha de São Paulo / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Novo golpe on-line rouba 36 milhões de euros de 30 mil contas


Mais de 36 milhões de euros foram roubados de 30 mil contas bancárias na Europa no ataque cibernético denominado "Eurograbber", segundo relatório publicado na quarta-feira (5) por duas empresas dedicadas à segurança na internet.

O ataque afetou computadores e telefones celulares entre janeiro e agosto deste ano, segundo confirmou Mario García, diretor-geral na Espanha da Check Point, fabricante de produtos de segurança on-line, que descreveu o vírus como "simples, mas muito avançado".

Foi a Check Point que descobriu e denunciou, em agosto, o ataque à polícia europeia, além de alertar as entidades bancárias afetadas.

Após acessar certos links, o vírus se instala no computador e permanece inativo até o usuário se conectar com sua conta bancária.

Simulando ser o banco, o "malware" envia uma advertência ao usuário sobre atualização e melhoria de segurança e solicita o número de celular, motivo pelo qual o software maligno também afeta o aparelho e interfere nas mensagens que os bancos enviam como processo de autenticação.

Com a informação e o número de autenticação da transação, os criminosos podem executar transferências paralelas às do próprio usuário.

"Se você transfere, por exemplo, 100 euros, eles podem roubar outros 100 e você não vê nenhum mudança, nem na tela do computador, nem no celular", explicou García.

O dinheiro vai parar nas contas de terceiros aos quais os criminosos ofereceram uma comissão em troca das transferências, acrescentou García.

O diretor da empresa reconheceu que existem "muito poucas possibilidades" de descobrir quem são os infratores, mas que os bancos já foram alertados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 250 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal