Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

05/12/2012 - Paraná Online / Banda B Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia fecha “fábrica” de falsificação com mais de 2,5 mil CDs e DVDs piratas em Pinhais

Por: Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento


Uma investigação de receptação de cargas de cigarro levou a Policia Civil a fechar uma fábrica de falsificação de CDs e DVDs na noite desta terça-feira (4) em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo o delegado da Delegacia de Estelionatos e Desvio de Cargas (DEDC), Vinícius Borges Martins, foram apreendidos cerca de 2,5 mil exemplares de CDs e DVDs piratas na casa de Silvio Rogério Facio, 42 anos, que foi preso em flagrante. “Ele já é nosso velho conhecido. Em agosto deste ano ele já havia sido preso com dezenas de caixas de cigarros roubados e estava respondendo processo penal em liberdade”, disse o delegado.

A polícia chegou até a fábrica através de denúncias anônimas de que Facio continuava receptando cigarros roubados, então os investigadores da DEDC começaram a monitorar as ações do homem. Com Facio preso, os policiais foram até a casa dele e encontraram o maquinário utilizado para falsificar os CDs. “Na casa foram encontrados quatro torres de duplicação, cada uma com capacidade para gravar dez CDs ao mesmo tempo, impressora, notebook, aproximadamente 2,4 mil CDs e DVDs 'piratas' e farto material utilizado para fazer os mesmos”, contou Martins

Um outro homem foi preso no local e foi liberado, ele irá responder por violação de direitos autorais. Já Facio foi indiciado por receptação e violação de direitos autorais e está preso na DEDC à disposição da Justiça.

Trio usa nome de mulher morta para vender terreno de R$ 71 mil

Um homem levou um golpe de R$ 71 mil após comprar um terreno com pessoas falsas no bairro Capão Bonito, em Araucária, durante a tarde desta quarta-feira (5). De acordo com o delegado Martins, através de uma procuração fraudulenta feita em Curitiba com documentos falsos foi possível realizar a venda. “Como o registrador conhecia o verdadeiro proprietário, ele se encaminhou à delegacia e fez a denúncia. Os golpistas se utilizaram de um casal de laranjas para realizar a venda”, comentou.

As imagens do cartório e as impressões digitais em que a procuração foi feita devem ajudar a polícia a localizar os criminosos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 123 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal