Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

04/12/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cão abandonado por suspeitos de estelionato sobrevive com ajuda

Pitbull vive em loja de veículos que foi fechada há mais de um mês. Animal tenta chamar atenção de populares de São Vicente por alimento.

Há mais de um mês fechada e com os proprietários sendo acusados de estelionato, uma loja de veículos localizada na avenida Antonio Emmerich, em São Vicente, no litoral de São Paulo, se envolveu em outra polêmica. Segundo vizinhos do local, o cachorro que tomava conta da loja está abandonado e sendo alimentado por populares.

O pitbull de cor caramelo vive no galpão que, há pouco mais de um mês, abrigava uma concessionária de carros. No dia 24 de outubro a loja amanheceu vazia e os proprietários abandonaram o animal no local. De acordo com os moradores da região, ninguém cuida do cão ou vai alimentá-lo.

Segundo o dono de uma lanchonete, que fica em frente à antiga concessionária, muitas pessoas se sensibilizaram com o abandono e vão à lanchonete comprar alimentos para o cão. “As pessoas ficam com dó, vêm aqui no meu comércio e compram água ou comida para dar para ele. Já me acostumei com as pessoas pedindo potes emprestados também”, diz o comerciante, que preferiu não se identificar.

Ainda de acordo com o comerciante, são os moradores da região que alimentam o cachorro. “Nunca vi ninguém da loja vir alimentá-lo. Só os populares mesmo”, diz. Como a loja fica em frente a um movimentado ponto de ônibus, o animal costuma ficar perto do ponto para atrair a atenção das pessoas.

Outra moradora, que mora próximo à avenida Antonio Emmerich, diz estar muito preocupada com o animal. “O portão vazado facilita que as pessoas joguem comida. Normalmente o povo coloca ração em cima de um papelão e empurra para dentro da loja. Mas, da mesma forma que jogam comida, alguns maus intencionados podem colocar veneno”, reclama a moradora.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 104 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal