Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

02/12/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Secretaria de Segurança apura denúncias de fraude em concurso

Detalhes sobre investigações serão divulgadas nesta segunda (3). Secretário Aluísio Mendes não confirmou quantas pessoas foram detidas.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-MA) realiza, nesta segunda-feira (3), uma entrevista coletiva para esclarecer as denúncias de tentativas de fraudes no concurso para as polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros. Para o seletivo estão reservadas 2.379 vagas, sendo 2.000 para policiais militares; 150 para bombeiros e 229 para policiais civis.

Segundo o secretário Aluísio Mendes, antes mesmo da realização das provas, no sábado (1º) e neste domingo (2), a Superintendência de Investigações Criminais (Seic) já trabalhava com denúncias de possíveis fraudes. “Existia uma investigação anterior às provas, sobre estas pessoas que tentaram burlar o concurso, mas não poderíamos divulgar nada. Os detalhes de todo o trabalho realizado nestas investigações e durante o concurso serão divulgados nesta coletiva”, disse o titular da pasta, que também informou não poder confirmar se algumas ou quantas pessoas teriam sido detidas. “Até o momento é só o que podemos falar. Todo o trabalho da Seic está sendo feito com bastante cuidado”, acrescentou.

Cerca de 500 homens das Polícias Civil, Militar e ainda do Corpo de Bombeiros foram empregados no trabalho de segurança do concurso. Só na capital, cidade com maior número de locais de prova, a PM utilizou 150 policiais dos 1º, 6º, 8º e 9º batalhões com viaturas e do Ronda da Comunidade e equipes a pé, que percorreram os bairros e as áreas no entorno de onde terão escolas com realização de provas. Policias do Batalhão de Choque (BpChoque) e motocicletas do Esquadrão Águia também integraram os trabalhos.

A Polícia Civil destinou 180 homens, entre delegados, escrivães e investigadores em todo o Estado. Em cada local de prova foram alocadas equipes policiais, compostas por um PM, um investigador e um militar do Corpo de Bombeiros. A mesma atenção foi dada em Imperatriz e Caxias.

Além de São Luís, os testes também foram realizados em Caxias e Imperatriz. Segundo a SSP, 54.502 concorreram ao cargo de soldado PM e bombeiro; 14.485 para policial civil e 7.660 para delegado.

Os gabaritos devem ser divulgados na noite desta segunda-feira (3) no site da Fundação Getúlio Vargas, organizadora do concurso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 130 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal