Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

26/11/2012 - Portal Exame / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

CNJ vai apurar fraudes em falências no Rio de Janeiro

Por: Débora Zampier

A sindicância teve origem em um pedido para apurar a eficácia da Central de Liquidantes, criada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) em 2010.

Brasília - O corregedor-geral de Justiça Francisco Falcão abriu hoje (26) sindicância para apurar denúncias envolvendo varas empresariais da Justiça do Rio de Janeiro. De acordo com o documento, a sindicância terá 30 dias para apurar esquema de fraude na administração de massas falidas.

A sindicância teve origem em um pedido para apurar a eficácia da Central de Liquidantes, criada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) em 2010. O corregedor informa que há suspeita de favorecimento de amigos e parentes de magistrados nas nomeações para administração judicial das massas falidas mais lucrativas do tribunal em detrimento dos credores da operação.

Ainda segundo o documento, há notícias de diversas irregularidades cometidas pelos administradores judiciais das massas falidas, que supostamente atuavam para “prolongar os procedimentos de liquidação, para aumentarem o lucro por eles obtido”.

O corregedor também abriu sindicância para apurar a regularidade da construção de um dos prédios do Foro Central da Comarca do Rio de Janeiro. Apurações anteriores apontam que houve provável direcionamento da licitação, além do descumprimento de várias exigências legais.

As duas portarias foram apresentadas pelo corregedor, no início desta noite, ao presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Joaquim Barbosa. Amanhã (27), Barbosa participará de sua primeira sessão como presidente efetivo do conselho.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 65 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal