Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/11/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Procon notifica sete empresas por falsos descontos na 'Black Friday'

Empresas brasileiras pegaram carona em uma liquidação de um dia que faz sucesso nos Estados Unidos há anos.

Empresas brasileiras pegaram carona em uma liquidação de um dia só que faz sucesso nos Estados Unidos há anos. A chamada "Black Friday", a sexta-feira negra, marca o início do período de vendas do fim de ano.

Os americanos adoram descontos e na Black Friday, a quarta sexta-feira de novembro, eles fazem fila para uma mega liquidação.

O comércio brasileiro adotou a promoção há três anos. Em Goiânia, as prateleiras ficaram vazias e os carrinhos lotados.

Hilda comprou 19 jogos de panela.

"Para minha mãe, para minha cunhada, para minha vizinha", enumera ela.

Os cariocas se empolgaram nas lojas.

“Eu estou aqui na fila esperando o pessoal sair para botar uma TV de 56 polegadas no meu carro”, diz um motorista.

Em São Paulo, deu briga por televisão.

"Eles pegam, nós pegamos, mas eles arrancam da mão", diz uma mulher.

Rosemeire comprou uma TV de R$ 3500 por R$ 2400.

"Maravilha, uma delícia, uma adrenalina", comemora ela.

Um supermercado baixou os preços de 5.700 itens. Os descontos chegaram a 70%.

Promoções como essas fazem tanto sucesso porque são um bom negócio para os dois lados. Os consumidores conseguem comprar produtos normalmente caros por preços muito abaixo do normal. E as lojas, mesmo oferecendo descontos tão grandes, não perdem dinheiro e ainda ganham clientes novos.

"Sempre vai estar na cabeça dele que a nossa marca, a nossa companhia proporcionou esse bem para ele. É para conquistar o coração e o bolso do cliente”, brinca o diretor de operações Geraldo Monteiro.

O Procon de São Paulo notificou sete empresas por falsos descontos, e avisa: mesmo quando a oferta é de verdade, o consumidor pode se arrepender.

"Ele verifica ‘puxa eu poderia ter comprado outro produto, ter trocado a minha geladeira’, mas ele foi atrás da TV porque o desconto era impressionante", comenta o diretor-executivo do Procon, Paulo Góes.

Márcia saiu com o filho para comprar chuteiras. Nem sabia da promoção, mas deu sorte.

"A que eu quero é a da promoção”, fala o menino.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 917 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal