Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/11/2012 - Jornal de Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

UBS enfrenta segunda maior coima de sempre no Reino Unido por culpa de Adoboli

Por: Diogo Cavaleiro


Kweku Adoboli perpetuou uma fraude que levou o UBS a perder 2,3 mil milhões de dólares (1,8 mil milhões de euros). Agora, o banco suíço pode ser multado até 50 milhões de libras (62 milhões de euros) por não ter detectado os negócios feitos pelo seu operador.

Depois de, esta semana, Adoboli ter sido condenado a sete anos de prisão por fraude, é agora noticiado que o UBS poderá ser sancionado até 50 milhões de libras pela Autoridade dos Serviços Financeiros, do Reino Unido, conforme avançam o “Financial Times” e a Bloomberg.

A coima ao UBS será a segunda maior coima a ser imposta no Reino Unido, logo após aos 59,5 milhões de libras (73,8 mil milhões de euros) aplicados ao Barclays devido ao caso de fixação de taxas Libor.

A par da reguladora britânica, a supervisora dos mercados financeiros suíça também investiga o caso, embora não tenha poder para impor coimas deixando apenas reprimendas, segundo o “The Guardian”.

Em Setembro do ano passado, o operador foi acusado pela polícia de Londres de ter concretizado operações não autorizadas que levaram o banco suíço onde trabalhava a perder 2,3 mil milhões de dólares.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 94 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal